A pesquisa encontrou 224 resultados

por josix
quinta jan 30, 2020 8:10 pm
Fórum: D. Sancho I
Tópico: Achegas para o estudo do morabitino como bem económico - Parte I - A excelência europeia
Respostas: 12
Visualizações: 562

Re: Achegas para o estudo do morabitino como bem económico - Parte I - A excelência europeia

E não é só isso... É que destroem exemplares raríssimos e importantes para a compreensão da história monetária. É isto que me preocupa, e seria isto pelo menos que eu gostava de ver salvaguardado. Algumas pessoas com desejo de terem moedas a parecer perfeitas vão continuar a existir, o negócio do r...
por josix
segunda jan 27, 2020 11:40 pm
Fórum: Falsas ou Viciadas
Tópico: Sal grosso!!!
Respostas: 38
Visualizações: 2483

Re: Sal grosso!!!

Tem razão, será mau se se torna norma. A mim nunca me apelou comprar o que quer que fosse à distância por isso não me tenho preocupado. Mas estou a perceber que há esse risco de mesmo os vendedores com loja física virem a ter cada vez mais stock em 'caixão'!
por josix
segunda jan 27, 2020 11:35 pm
Fórum: D. Sancho I
Tópico: Achegas para o estudo do morabitino como bem económico - Parte I - A excelência europeia
Respostas: 12
Visualizações: 562

Re: Achegas para o estudo do morabitino como bem económico - Parte I - A excelência europeia

O problema de criminalizar a adulteração de moeda (e da minha ideia também) é quem fiscaliza depois. Se temos o património arqueológico a saque e raramente alguém é punido? Acho que o melhor que se pode conseguir é mudar hábitos e tornar estes restauros menos comuns ou menos destrutivos para a numis...
por josix
domingo jan 26, 2020 8:14 pm
Fórum: Falsas ou Viciadas
Tópico: Mais aldrabices..
Respostas: 11
Visualizações: 285

Re: Mais aldrabices..

Isto não é restauro, é produção de lixo e vandalismo de história. Essa moeda é falsa de tal forma foi deturpada.
por josix
domingo jan 26, 2020 4:53 pm
Fórum: Falsas ou Viciadas
Tópico: Sal grosso!!!
Respostas: 38
Visualizações: 2483

Re: Sal grosso!!!

Discordo em absoluto da previsão de que as certificações tenham vindo para ficar. Servem para alimentar o negócio especulativo, precisamente o de quem compra não porque aprecia a beleza ou a história de uma peça mas porque quer um objecto de troca, presumivelmete bem qualificado e quantificado, fáci...
por josix
domingo jan 26, 2020 4:02 pm
Fórum: D. Sancho I
Tópico: Achegas para o estudo do morabitino como bem económico - Parte II - A aliança atlântica
Respostas: 4
Visualizações: 313

Re: Achegas para o estudo do morabitino como bem económico - Parte II - A aliança atlântica

Gosto do título, o morabitino como bem económico :D A 'qualidade' vende e tal...
E é mesmo transatlântico isto, é um mundo pequeno o da numismática. E antigo, quantas das peças clássicas de numismática em museus há séculos não foram restauradas sem o sabermos por algum antiquário esquecido?
por josix
domingo jan 26, 2020 3:54 pm
Fórum: D. Sancho I
Tópico: Achegas para o estudo do morabitino como bem económico - Parte I - A excelência europeia
Respostas: 12
Visualizações: 562

Re: Achegas para o estudo do morabitino como bem económico - Parte I - A excelência europeia

Eu já ficaria feliz se a prática profissional ou comercial do restauro fosse regulamentada com uma exigência muito simples: documentar fotograficamente o antes e depois destas peças restauradas, e submeter essa informação para um a base de dados pública. Se o museu da numismática fornecesse esse ser...
por josix
domingo set 08, 2019 10:47 pm
Fórum: D. João Príncipe Regente
Tópico: Peça (6400 RÉIS) - 1809 R NGC MS 63
Respostas: 3
Visualizações: 550

Re: Peça (6400 RÉIS) - 1809 R NGC MS 63

O reverso só não está perfeito porque o cunho já teria algum problema, parece-me. Não merecia o caixão!
por josix
domingo set 08, 2019 10:43 pm
Fórum: D. João V
Tópico: Au 1721
Respostas: 25
Visualizações: 4438

Re: Au 1721

gil costa Escreveu:
domingo mai 12, 2019 4:00 pm
Esta coroa é normal?
(parece-me diferente do que vejo por aí)

Imagem
Está bem bonito. A coroa é normal sim, para esse ano pelo menos. É a que eu achei mais comum até 1722.

Pesquisa avançada