Nota do Mês de Março - Tema: Brasões de Armas

Discussão de temas relacionados com notafilia

Moderadores: VMNV, José Duarte, Moderador de Honra

Mensagem
Autor
Avatar do Utilizador
VMNV
Reinado D.Afonso III
Mensagens: 1718
Registado: quinta out 18, 2007 9:48 am

Nota do Mês de Março - Tema: Brasões de Armas

#1 Mensagem por VMNV » sábado mar 01, 2014 9:19 am

Vamos dar inicio ao concurso para eleger a Nota do Mês de Março - Tema: Brasões de Armas

Aqui ficam as regras do concurso:

1ª Os foristas interessados em concorrer à eleição da Nota do Mês, só podem colocar uma nota, respeitando o tema mensal até ao dia 21 - 24:00h desse mês, a partir daqui o tópico é considerado encerrado passando à fase de eleição por todos os foristas que assim o entenderem, que terminará às 24 horas do último dia do mês.

2ª O número máximo necessário para se realizar e eleição é de 9 (nove) e o mínimo de 6 (seis) notas. Caso o número máximo não seja atingido no prazo estipulado, esse será alargado por mais 48 horas, ou seja até às 24 horas do dia 23. Se mesmo assim não for atingido o numero máximo, será feita a eleição com o numero mínimo de notas. Se não for alcançado o mínimo ficará sem efeito.

3ª A colocação da nota, consiste só unicamente de uma foto de cada face da respectiva nota acompanhada de alguns dados como valor facial, ano, etc...
Pede-se também, se possível, que as notas concorrentes sejam acompanhadas de um texto informativo. Há alguns temas em que essa informação será importante. (Personalidades, por exemplo)

4ª É permitida a colocação de um conjunto de notas, desde que tenham uma relação entre si, tornando-se uma mais valia na apresentação.

5ª Cada forista concorrente não pode votar na sua própria nota. Contudo se não participar na votação, terá uma penalização equivalente à média da pontuação obtida na sua nota (exemplo: se recebeu 45 pontos de 9 foristas, será penalizado em 45 a dividir por 9, que serão 5 pontos).

6ª Os “ juízes” além da sua pontuação, podem deixar um comentário, por exemplo: O motivo do seu voto. Cada forista deverá pontuar 8 (oito) e 5 (cinco) notas, dos seguintes modos:

Número máximo 9 (nove):

10 Pontos
8 Pontos
6 Pontos
5 Pontos
4 Pontos
3 Pontos
2 Pontos
1 Ponto

Numero mínimo 6 (seis):

5 Pontos
4 Pontos
3 Pontos
2 Pontos
1 Ponto

Vencerá a nota que reunir mais pontos à hora do fecho das votações (24 horas do último dia do mês do concurso).

Para facilitar a votação, será atribuído um número de ordem a cada nota, pelo que irá ser publicada logo no dia 22 ou 24, uma lista com as notas concorrentes.

7ª Em caso de empate pontual, será considerado vencedor aquele que tiver:

a) Mais pontuações de 10 pontos
b) Mais pontuações de 8 pontos
c) Mais pontuações de 6 pontos

8ª Os 3 primeiros classificados, passarão a figurar na galeria das notas vencedoras, em tópico existente para esse efeito.

9ª As notas expostas, não podem concorrer mais nenhuma vez durante esse ano, podendo concorrer no ano seguinte, excepto as 12 vencedoras dos anos anteriores. As 12 primeiras (uma de cada mês) concorre à nota do ano, em Janeiro do ano seguinte, em simultâneo com a desse mês, mas num post à parte.

Está aberto o concurso!
Boa sorte a todos :thumbupleft:



Avatar do Utilizador
VMNV
Reinado D.Afonso III
Mensagens: 1718
Registado: quinta out 18, 2007 9:48 am

Re: Nota do Mês de Março - Tema: Brasões de Armas

#2 Mensagem por VMNV » sábado mar 01, 2014 6:38 pm

Islândia 10 Kronur 1957

Imagem
Imagem

Brasão de armas
Imagem

O Brasão de armas da Islândia (em islandês: Skjaldarmerki Íslands) é composto por uma cruz de prata sobre um escudo azul, com uma cruz vermelho-fogo no interior da cruz de prata (aparece na Bandeira da Islândia). O shieldbearers são os quatro protetores da Islândia (landvættir). De pé sobre um bloco de lava. O touro (Griðungur) é o protetor do sudoeste da Islândia, a águia ou griffin (Gammur) protege o noroeste da Islândia, o dragão (Dreki), a parte nordeste e o gigante (Bergrisi) é o protetor do sudeste da Islândia. O grande respeito que foi dado a estas criaturas da Islândia, tanto que houve uma lei no dia dos Vikings que nenhum navio deve ostentar os símbolos (na maioria das vezes dragonheads sobre a proa do navio) quando se aproximam da Islândia. Estes eram portanto os protetores.
O landvættir também decora a frente (cara), das moedas, a coroa islandesa, mas os animais do oceano (peixes, caranguejos e golfinhos) aparecem no verso (coroa). A Presidência islandesa usa uma bandeira com o Brasão de armas. O Comissário Nacional da Polícia islandês utiliza uma bandeira branca com o Brasão de armas, quando a utilização da bandeira do Estado não se justifica e, por isso, podem alguns outros serviços estatais fazê-lo também.
O escudo em línguagem heráldica é: blazoned, Azure, sobre uma cruz argent uma cruz gules.

Fonte Wikipédia

ManuelPiresHortaRosa
Reinado D.Miguel
Mensagens: 339
Registado: quarta set 11, 2013 7:41 am
Localização: Holanda - Santana de Cambas (Mértola)

Re: Nota do Mês de Março - Tema: Brasões de Armas

#3 Mensagem por ManuelPiresHortaRosa » domingo mar 09, 2014 3:48 pm

Bons dias,

Aqui fica a minha participação para a nota do Mês de Março - Tema: Brasões de Armas.

Devo dizer muito sinceramente que não foi fácil encontrar notas com o brasão de armas da Holanda; tive que recuar bem no tempo e encontrei estas duas beldades, o florim de 1943 e 2,50 florins de 1945.

Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Imagem
Brasão de armas dos Países Baixos
O brasão de armas dos Países Baixos (Grote Rijkswapen - Grande brasão de armas do Reino) é o símbolo da monarquia neerlandesa. Foi adotado por decreto do rei Guilherme I em 24 de agosto de 1815 pela constituição do Reino dos Países Baixos.
É uma combinação dos brasões de armas de Orange-Nassau e das Províncias Unidas dos Países Baixos.

O escudo é azul, com bilhetes (pequenos retângulos verticais) no cor de ouro, e com um leão também de cor de ouro, armado e lampassado no vermelho. Este foi o brasão de Orange-Nassau. O leão é coroado, e tem um grupo de sete setas na sua mão esquerda, e uma espada na sua mão direita. Estas cargas são derivadas do brasão das Províncias Unidas. As sete setas representam as sete províncias holandesas que revoltaram contra Espanha em 1568. Sobre o escudo é a coroa real neerlandesa.

Os suportes são leões dourados, também armados e lampassados no vermelho. A lema é Je maintiendrai, que significa no francês: «Eu manterei».


Imagem
Imagem

Cumprimentos a todos os foristas,

Manuel
Última edição por ManuelPiresHortaRosa em segunda mar 10, 2014 10:11 am, editado 1 vez no total.

fabricio mariquito
Reinado D.Maria II
Mensagens: 250
Registado: sexta jul 08, 2011 7:19 pm
Localização: brasil/rio de janeiro

Re: Nota do Mês de Março - Tema: Brasões de Armas

#4 Mensagem por fabricio mariquito » domingo mar 09, 2014 5:35 pm

Imagem
Imagem
Imagem
O Brasão das Honduras é composto por símbolos alusivos ao seu território e história.

Em sua parte superior aparecem um conjunto de flechas que simboliza a população indígena do país e dois "chifres da abundância" que contém frutas e flores.

Na parte central, de forma ovalada, aparecem representadas abaixo um céu azul e sobre a água do mar, uma pirâmide e duas torres sobre elas aparece o arco-íris. Debaixo do arco, o sol nascente, símbolo da esperança e um vulcão entre os dois oceanos (Atlântico e Pacífico), que representa o território hondurenho. O círculo central está rodeado por uma borda branca na qual aparece escrito em letras de ouro: "República de Honduras. Libre, Soberana e Independiente. 15 de Septiembre de 1821" ("República de Honduras. Livre, Soberana e Independente. 15 de Setembro de 1821").

Na parte inferior aparecem representados algumas árvores (Pinus e Carvalhos), símbolos dos recursos naturais de Honduras; ferramentas de mineiros e as minas de onde se explorou o ouro e a prata.

Até o momento de sua independência, como todas as colônias espanholas, em Honduras se usou o escudo de armas dos reis da Espanha (não existia brasão nacional espanhol até 1868). Dionisio de Herrera, como o chefe do estado de Honduras, decretou a criação de um escudo nacional em 3 de outubro de 1825. O escudo junto aos símbolos de caráter histórico, incorporam elementos que representam os recursos naturais do país que devem ser objeto de preservação.

A descrição e os usos do escudo hondurenho aparecem regulamentados no decreto número 16 e no artigo 142 ditados pelo Congresso Nacional em 10 de janeiro de 1935.


fica ai a minha participação para este mês.
cumprimentos a todos.

Avatar do Utilizador
victor brasil
Reinado D.João II
Mensagens: 1167
Registado: quinta fev 02, 2012 2:43 pm
Localização: Campinas SP BR

Re: Nota do Mês de Março - Tema: Brasões de Armas

#5 Mensagem por victor brasil » segunda mar 10, 2014 3:18 pm

participação do mês
cedula de Trinidad e Tobago
faciais 10 dolares e 20 dolares especime
data 1964

Imagem
Imagem
Imagem
O Brasão de armas de Trinidad e Tobago foi concebido por uma comissão formada em 1962 para selecionar os símbolos que representam o povo trinidadense.
A comissão contou com o artista Carlisle Chang e o designer George Bailey.
O escudo tem as mesmas cores (preto, vermelho e branco), da bandeira da nação e possui os mesmos significados.
Os três navios dourados são Santa Maria, Niña e Pinta, os três navios utilizados por Colombo na sua viagem para o "Novo Mundo",
os dois passaros do escudo são beija-flores, pois existem la mais de 16 tipos diferentes catalogados.
As aves externas, utilizadas como suportes são o guará (Scarlet Ibis) à esquerda e o guacharaca (Cocrico, um faisão tropical) à direita, os pássaros nacionais de Trinidad e Tobago.
Abaixo dessas aves está o lema da nação, em inglês: "Together We Aspire, Together We Achieve." ("Juntos Nós Aspiramos, Juntos Nós Conseguimos").
Replica, se fosse boa, seria a peça original. Evite.

Indy
Reinado D.Miguel
Mensagens: 326
Registado: quinta mar 05, 2009 10:37 pm
Localização: Faro

Re: Nota do Mês de Março - Tema: Brasões de Armas

#6 Mensagem por Indy » quinta mar 13, 2014 11:50 pm

A minha participação para a Nota do Mês de Março (2014) - Tema: Brasões de Armas - vai para a nota de 500 Reis - s/Chapa (Chapa 2) - datada de 25 de Maio de 1900, onde se evidencia AS ARMAS DO REINO DE PORTUGAL.

Imagem

Imagem
Imagem

________
Acácio
Última edição por Indy em sexta mar 21, 2014 1:36 pm, editado 1 vez no total.

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10611
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Re: Nota do Mês de Março - Tema: Brasões de Armas

#7 Mensagem por tm1950 » sábado mar 15, 2014 9:51 pm

Portugal - 2.500 réis - Chapa 3 - 1903

Imagem

Imagem
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

SANCHO
Reinado D.Afonso III
Mensagens: 1671
Registado: terça abr 29, 2008 12:12 am

Re: Nota do Mês de Março - Tema: Brasões de Armas

#8 Mensagem por SANCHO » sábado mar 15, 2014 11:03 pm

Chipre 5£ 01-02-1956 P36

Imagem
Imagem

limburgo
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 3931
Registado: domingo mai 10, 2009 10:01 am

Re: Nota do Mês de Março - Tema: Brasões de Armas

#9 Mensagem por limburgo » quinta mar 20, 2014 12:51 pm

Se a inveja matasse a humanidade já nao existia.
Cumps Paulo

Avatar do Utilizador
valdemar1959
Reinado D.Sancho I
Mensagens: 2457
Registado: domingo ago 09, 2009 5:28 pm
Localização: Torres Vedras

Re: Nota do Mês de Março - Tema: Brasões de Armas

#10 Mensagem por valdemar1959 » quinta mar 20, 2014 7:35 pm

Noruega - 1000 Kroner Pick.40b - Datada 1982
Imagem Imagem

................................ Brasão de Armas ................................................................................ Brasão de Armas Real
Imagem ............ Imagem

Brasão de armas da Noruega
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
Coat of Arms of Norway.svg


O Brasão de armas da Noruega é um dos mais antigos da Europa. Originou-se como um brasão de armas pessoal para a família real.

Haquino, o Velho (1217-1263) usava um escudo com a figura de um leão. A referência mais antiga preservada sobre o colorido dos brasões é a Saga do Rei, escrita em 1220.

Em 1280, o rei Érico Magnusson adicionou a coroa e o machado prata ao leão. O machado representa a arma usada para matar o mártir Santo Olavo na batalha de Stiklestad, em 1030.

O desenho dos brasões noruegueses foi modificado ao longo dos anos, seguindo as mudanças nas tendências heráldicas. Na Baixa Idade Média, o cabo do machado ficou gradualmente mais longo, chegando a parecer com uma alabarda. O cabo era geralmente curvado para que pudesse se encaixar no formato do escudo favorito na época, e também para emparelhar com o formato das moedas. A alabarda foi oficialmente descartada e o machado menor reintroduzido por decreto real, em 1844, quando um desenho autorizado foi instituído pela primeira vez. Em 1905, o desenho oficial para os brasões da realeza e do governo foi modificado novamente, desta vez para o estilo medieval, com um escudo triangular e um leão mais vertical. O pintor Eilif Peterssen foi o responsável pelo desenho. O desenho atual foi introduzido em 1937, mas ligeiramente modificado com a aprovação real em 20 de maio de 1992.

O brasão de armas é sempre disposto sob a coroa real. Durante a Segunda Guerra Mundial, o regime Quisling continuou a usar o brasão de armas do leão, freqüentemente com a coroa removida. Em 1943, o desenho do leão foi modificado e a coroa real foi recolocada com um tipo livre de coroa medieval. O governo legítimo norueguês continuou usando o brasão com a coroa real durante o exílio.
Valdemar Pereira

As minhas Vendas! viewtopic.php?f=25&t=117756

Responder

Voltar para “Notafilia”