Nota do Mês de Maio - Ex-colónias nacionais e estrangeiras

Discussão de temas relacionados com notafilia

Moderadores: VMNV, José Duarte, Moderador de Honra

Mensagem
Autor
Avatar do Utilizador
VMNV
Reinado D.Afonso III
Mensagens: 1718
Registado: quinta out 18, 2007 9:48 am

Nota do Mês de Maio - Ex-colónias nacionais e estrangeiras

#1 Mensagem por VMNV » quarta mai 01, 2013 5:12 pm

Vamos dar inicio ao concurso para eleger a Nota do Mês de Maio -Tema: Ex-colónias nacionais e estrangeiras

Aqui ficam as regras do concurso:

1ª Os foristas interessados em concorrer à eleição da Nota do Mês, só podem colocar uma nota, respeitando o tema mensal até ao dia 21 - 24:00h desse mês, a partir daqui o tópico é considerado encerrado passando à fase de eleição por todos os foristas que assim o entenderem, que terminará às 24 horas do último dia do mês.

2ª O número máximo necessário para se realizar e eleição é de 9 (nove) e o mínimo de 6 (seis) notas. Caso o número máximo não seja atingido no prazo estipulado, esse será alargado por mais 48 horas, ou seja até às 24 horas do dia 23. Se mesmo assim não for atingido o numero máximo, será feita a eleição com o numero mínimo de notas. Se não for alcançado o mínimo, ficará sem efeito.

3ª A colocação da nota, consiste só unicamente de uma foto de cada face da respectiva nota acompanhada de alguns dados como valor facial, ano, etc...
Pede-se também, se possível, que as notas concorrentes sejam acompanhadas de um texto informativo. Há alguns temas em que essa informação será importante. (Personalidades, por exemplo)

4ª É permitida a colocação de um conjunto de notas, desde que tenham uma relação entre si, tornando-se uma mais valia na apresentação.

5ª Cada forista concorrente não pode votar na sua própria nota. Contudo se não participar na votação, terá uma penalização equivalente à média da pontuação obtida na sua nota (exemplo: se recebeu 45 pontos de 9 foristas, será penalizado em 45 a dividir por 9, que serão 5 pontos).

6ª Os “ juízes” além da sua pontuação, podem deixar um comentário, por exemplo: O motivo do seu voto. Cada forista deverá pontuar 8 (oito) e 5 (cinco) notas, dos seguintes modos:

Número máximo 9 (nove):

10 Pontos
8 Pontos
6 Pontos
5 Pontos
4 Pontos
3 Pontos
2 Pontos
1 Ponto

Numero mínimo 6 (seis):

5 Pontos
4 Pontos
3 Pontos
2 Pontos
1 Ponto

Vencerá a nota que reunir mais pontos à hora do fecho das votações (24 horas do último dia do mês do concurso).

Para facilitar a votação, será atribuído um número de ordem a cada nota, pelo que irá ser publicada logo no dia 22 ou 24, uma lista com as notas concorrentes.

7ª Em caso de empate pontual, será considerado vencedor aquele que tiver:

a) Mais pontuações de 10 pontos
b) Mais pontuações de 8 pontos
c) Mais pontuações de 6 pontos

ou no caso da pontuação mínima:

a) Mais pontuações de 5 pontos
b) Mais pontuações de 4 pontos
c) Mais pontuações de 3 pontos

8ª Os 3 primeiros classificados, passarão a figurar na galeria das notas vencedoras, em tópico existente para esse efeito.

9ª As notas expostas, não podem concorrer mais nenhuma vez durante esse ano, podendo concorrer no ano seguinte, excepto as 12 vencedoras dos anos anteriores. As 12 primeiras (uma de cada mês) concorre à nota do ano, em Janeiro do ano seguinte, em simultâneo com a desse mês, mas num post à parte.

Está aberto o concurso!



Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10611
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Re: Nota do Mês de Maio - Ex-colónias nacionais e estrangeir

#2 Mensagem por tm1950 » terça mai 14, 2013 5:44 pm

Portugal - Moçambique - 1000 réis 1909

Imagem
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

Avatar do Utilizador
VMNV
Reinado D.Afonso III
Mensagens: 1718
Registado: quinta out 18, 2007 9:48 am

Re: Nota do Mês de Maio - Ex-colónias nacionais e estrangeir

#3 Mensagem por VMNV » domingo mai 19, 2013 6:49 am

Angola 50 Centavos 1923

Imagem

Imagem

SANCHO
Reinado D.Afonso III
Mensagens: 1671
Registado: terça abr 29, 2008 12:12 am

Re: Nota do Mês de Maio - Ex-colónias nacionais e estrangeir

#4 Mensagem por SANCHO » domingo mai 19, 2013 4:23 pm

A primeira da série António Enes de 100$00,que passariam a ter cor alaranjada a partir de 1943.
Não me lembro de ter visto outra.

Imagem

Imagem

limburgo
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 3931
Registado: domingo mai 10, 2009 10:01 am

Re: Nota do Mês de Maio - Ex-colónias nacionais e estrangeir

#5 Mensagem por limburgo » segunda mai 20, 2013 9:29 am

Antilhas Holandesas 2,50 Gulden de 1970
Imagem
Imagem
Se a inveja matasse a humanidade já nao existia.
Cumps Paulo

Avatar do Utilizador
victor brasil
Reinado D.João II
Mensagens: 1167
Registado: quinta fev 02, 2012 2:43 pm
Localização: Campinas SP BR

Re: Nota do Mês de Maio - Ex-colónias nacionais e estrangeir

#6 Mensagem por victor brasil » segunda mai 20, 2013 4:43 pm

tinha ficado na duvida se era so Portugal, mas vi que pode ser ex-colonia de outros paises.

Ex-colonia estrangeira - França

Madagáscar
Madagáscar era o nome que os portugueses deram à ilha (1502) e deriva do latim medieval: era o nome de uma ilha imaginária na região por volta de 1500 que identificou a Madagáscar atual. Por sua vez, o nome latino, derivado de "Madeigascar" (também Madagosho, Madagascar), que era o nome de um reino insular Africano mencionado por Marco Polo, em seu livro (século XIII).4

Imagem
História de Madagáscar
Madagáscar foi colonizada por malaio-polinésios há dois mil anos, recebendo depois imigrantes árabes e africanos. Os portugueses foram os primeiros europeus a chegar à ilha, em 1500, quando o navegador Diogo Dias baptizou a ilha de São Lourenço. Em 1885 a França transformou Madagáscar em protetorado e, em 1896, em colônia. A independência foi obtida em 1960, após rebeliões sufocadas com violência pelos franceses. Em 1972, um golpe militar estabeleceu um regime coletivista e antiocidental. Três anos depois tomou o poder o capitão Didier Ratsiraka, que governou ditatorialmente por sete anos.

valor facial 500 Francos
"O Pescador"
emissão 1983-1987
Imagem
Imagem
Replica, se fosse boa, seria a peça original. Evite.

Avatar do Utilizador
valdemar1959
Reinado D.Sancho I
Mensagens: 2457
Registado: domingo ago 09, 2009 5:28 pm
Localização: Torres Vedras

Re: Nota do Mês de Maio - Ex-colónias nacionais e estrangeir

#7 Mensagem por valdemar1959 » segunda mai 20, 2013 10:02 pm

Imagem Imagem
Imagem Imagem

Imagem Imagem

Imagem Imagem

Imagem Imagem

Imagem Imagem

..........................................................................................................................António José Enes
................................................................................... Imagem


António José de Orta Enes GCIC (Lisboa, 15 de Agosto de 1848 — Sintra, Queluz, 6 de Agosto de 1901), mais conhecido por António Enes, formado no Curso Superior de Letras, foi um político, jornalista, escritor e administrador colonial português, que se destacou em Moçambique onde exerceu as funções de Comissário Régio durante a rebelião tsonga na região sul daquele território. Defendeu em 1870 uns Estados Unidos da Europa, temendo que Portugal fosse absorvido pela vizinha Espanha. Foi membro destacado do Partido Histórico e da Maçonaria. Exerceu as funções de deputado, de bibliotecário-mor da Biblioteca Nacional de Lisboa (1886) e de Ministro da Marinha e Ultramar na primeira fase do governo extrapartidário de João Crisóstomo de Abreu e Sousa.
Índice


Biografia

António José Enes nasceu em Lisboa a 15 de Agosto1 de 1848, filho de Guilherme José Enes e de sua mulher Joana da Cruz de Orta, filha do 1.º Visconde de Orta.2 Fez os seus primeiros estudos no colégio dos Lazaristas. Depois de uma passagem pelo ensino liceal ingressou no Curso Superior de Letras, que completou com distinção em 1868.

Cedo demonstrou dotes de jornalista e polemista, bem como dramaturgo e romancista, e sendo membro do Partido Histórico, e apoiante político do duque de Loulé, fez parte da redacção da Gazeta do Povo e foi pouco depois nomeado director de O País, jornal afecto àquela corrente política. . Na sequência do pacto da Granja, e da consequente fusão do Partido Reformista com o Partido Histórico, o jornal O País transformou-se no órgão oficioso do novo Partido Progressista e mudou o seu nome para O Progresso, ficando António Enes como redactor principal. Foi fundador de O Dia, periódico de que foi director político e redactor principal. Foi, ainda jornalista na Gazeta do Comércio e no Correio da Noite.

Em 1876 foi feito Fidalgo Cavaleiro da Casa Real.2 Em 1880 foi eleito deputado, mas as câmaras foram dissolvidas. Em 1886 foi nomeado bibliotecário-mor da Biblioteca Nacional de Lisboa, sendo novamente eleito deputado para a legislatura de 1884-1887, tendo sido sucessivamente reeleito para as de 1887-1889 e 1890-1891.

Logo após o ultimato britânico de 1890, António Enes foi nomeado Ministro da Marinha e Ultramar (de 14 de Outubro de 1890 a 25 de Maio de 1891), no governo presidido pelo general João Crisóstomo de Abreu e Sousa, tendo desempenhado esse cargo num período de grande pressão política sobre as questões ultramarinas face à onde nacionalista que varreu Portugal em consequência da ofensa britânica. António Enes, de forma laboriosa, conseguiu manter os necessários equilíbrios internos e externos, tendo organizado uma expedição militar a Moçambique, para fazer face à crescente proximidade entre Gungunhana e os interesses britânicos, e intervindo energicamente nas colónias de São Tomé e Príncipe, Guiné Portuguesa e Bié. Foi sucedido no cargo por Júlio de Vilhena.

Em 1891, e novamente em 1894,2 foi nomeado Comissário Régio em Moçambique, onde deu provas de grande saber e competência, deixando o seu nome ligado a notáveis obras e feitos naquele território, sendo também o principal organizador da expedição de Joaquim Augusto Mouzinho de Albuquerque contra o Império de Gaza.

Em 1896 foi nomeado ministro de Portugal no Brasil. Foi ainda feito Conselheiro de Sua Majestade Fidelíssima.

Presidiu ainda ao comité que dirigiu os trabalhos do 5.º Congresso da Imprensa, que reuniu em Lisboa no ano de 1898. Ainda na area jornalística colaborou nas revistas Brasil-Portugal (1899-1914) e Serões (1901-1911).

Casou com Emília dos Anjos, mas não deixou geração.

Faleceu em Queluz a 6 de Agosto de 1901.

A 14 de Julho de 1932 foi agraciado a título póstumo com a Grã-Cruz da Ordem do Império Colonial.


Origem: Wikipédia
Última edição por valdemar1959 em quinta mai 23, 2013 11:06 pm, editado 2 vezes no total.
Valdemar Pereira

As minhas Vendas! viewtopic.php?f=25&t=117756

zefer44
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 3374
Registado: domingo jun 22, 2008 2:31 pm
Localização: Lisboa

Re: Nota do Mês de Maio - Ex-colónias nacionais e estrangeir

#8 Mensagem por zefer44 » terça mai 21, 2013 10:51 am

GUINÉ PORTUGUESA 1937



Imagem Imagem



Imagem Imagem



Imagem Imagem



Imagem Imagem
Horácio Ferreira


La cuna del hombre la mecen con cuentos

DIGA NÃO ÀS FALSIFICAÇÕES! DO NOT COOPERATE WITH JUNK TRADERS!

Indy
Reinado D.Miguel
Mensagens: 326
Registado: quinta mar 05, 2009 10:37 pm
Localização: Faro

Re: Nota do Mês de Maio - Ex-colónias nacionais e estrangeir

#9 Mensagem por Indy » terça mai 21, 2013 5:38 pm

MACAU - 10 PATACAS - Pick. 3

A minha participação para a Nota do Mês de Maio (2013) - Ex-Colónias Nacionais e Estrangeiras - vai para duas notas de Macau de 10 Patacas, sendo uma FALSA e outra VERDADEIRA:

1 - FALSA DA ÉPOCA - 10 PATACAS datada de 31 de Maio de 1921:

ImagemImagem

2 - VERDADEIRA - 10 PATACAS datada de 29 de Novembro de 1930

ImagemImagem

_________
Acácio

Avatar do Utilizador
VMNV
Reinado D.Afonso III
Mensagens: 1718
Registado: quinta out 18, 2007 9:48 am

Re: Nota do Mês de Maio - Ex-colónias nacionais e estrangeir

#10 Mensagem por VMNV » quarta mai 22, 2013 2:30 pm

1.tm1950-Portugal - Moçambique - 1000 réis 1909
2.VMNV-Angola 50 Centavos 1923
3.SANCHO- Moçambique 100$00 1943
4.limburgo-Antilhas Holandesas 2,50 Gulden de 1970
5.victor brasil-Madagascar 500 francs 1983-87
6.valdemar1959-Moçambique série 20,50,500 e 1000 escudos
7.zefer44- Série GUINÉ PORTUGUESA 1937
8.Indy-MACAU - 10 PATACAS - Pick. 3

Numero mínimo atingido. Aplica-se a votação:

5
4
3
2
1

Podem votar :thumbupleft:

Responder

Voltar para “Notafilia”