LOBO

Desde a primeira moeda da República até às últimas em 2001

Moderadores: smertola, Moderador de Honra

Mensagem
Autor
Peron
Reinado D.Afonso V
Mensagens: 1249
Registado: sexta dez 10, 2010 9:29 pm

Re: LOBO

#261 Mensagem por Peron » sábado jul 23, 2011 8:04 pm

Existe um paralelo da história do Lobo mas na filatelia com o album editado em 1995 comemorativo do nascimento de Stº António. Na época em que foi editado pelos ctt o p.v.p. se me recordo andava na casa dos 30€ a 40€, hoje não se consegue comprar por menos de 200€, chegou-se a pedir 400€ ( o mundo anda louco por vezes!!!!). Mas já se começa a ver em alguns sites á venda por menos, mas nunca abaixo dos 100€.


Quem dá um tostãozinho pó santinho?

Cumprimentos

Peron...
El Mano Del Tajo

Minha coleção de Santo(s) António(s) em:
http://muraldaspetas.blogspot.com

gcz
Reinado D.Miguel
Mensagens: 325
Registado: domingo set 30, 2007 11:37 pm

Re: LOBO

#262 Mensagem por gcz » sábado jul 23, 2011 8:41 pm

Peron Escreveu:Existe um paralelo da história do Lobo mas na filatelia com o album editado em 1995 comemorativo do nascimento de Stº António. Na época em que foi editado pelos ctt o p.v.p. se me recordo andava na casa dos 30€ a 40€, hoje não se consegue comprar por menos de 200€, chegou-se a pedir 400€ ( o mundo anda louco por vezes!!!!). Mas já se começa a ver em alguns sites á venda por menos, mas nunca abaixo dos 100€.
Nunca percebi o fascínio com o Santo António. Também a moeda de 500 escudos em ouro esteve durante uns anos muito cara em comparação com as outra. Para mim a do selo é muito mais bonita. Agora, enfim, devem valer todas o mesmo, a peso...

Peron
Reinado D.Afonso V
Mensagens: 1249
Registado: sexta dez 10, 2010 9:29 pm

Re: LOBO

#263 Mensagem por Peron » sábado jul 23, 2011 9:03 pm

gcz Escreveu:
Peron Escreveu:Existe um paralelo da história do Lobo mas na filatelia com o album editado em 1995 comemorativo do nascimento de Stº António. Na época em que foi editado pelos ctt o p.v.p. se me recordo andava na casa dos 30€ a 40€, hoje não se consegue comprar por menos de 200€, chegou-se a pedir 400€ ( o mundo anda louco por vezes!!!!). Mas já se começa a ver em alguns sites á venda por menos, mas nunca abaixo dos 100€.
Nunca percebi o fascínio com o Santo António. Também a moeda de 500 escudos em ouro esteve durante uns anos muito cara em comparação com as outra. Para mim a do selo é muito mais bonita. Agora, enfim, devem valer todas o mesmo, a peso...
Amigo...são isso mesmo...fascínios como o amigo tambem deve ter os seus!
Digamos que é só um dos portugueses mais conhecido no mundo...e se calhar o mais desconhecido dos portugueses...
Quem dá um tostãozinho pó santinho?

Cumprimentos

Peron...
El Mano Del Tajo

Minha coleção de Santo(s) António(s) em:
http://muraldaspetas.blogspot.com

cargil48
Reinado D.Henrique
Mensagens: 976
Registado: sábado fev 26, 2011 4:51 pm
Localização: Cidade Invicta

Re: LOBO

#264 Mensagem por cargil48 » domingo jul 24, 2011 1:49 pm

Nunca supus que o Lobo teve uma quebra de mais de 50%!

Soares_Reis
Reinado D.Maria II
Mensagens: 251
Registado: sábado dez 25, 2010 7:36 am
Localização: Viana do Castelo/Porto

Re: LOBO

#265 Mensagem por Soares_Reis » domingo jul 24, 2011 3:32 pm

cargil48 Escreveu:Nunca supus que o Lobo teve uma quebra de mais de 50%!
Depois da bolha... corrigiu.

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10689
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Re: LOBO

#266 Mensagem por tm1950 » domingo jul 24, 2011 4:57 pm

Não é apenas o lobo com quebras de 50%. Seguem mais dois exemplos:
- um membro do fórum comprou um 2$50 1937 por 1.850 euros e fez cerca de 500 Km. Julgo que se poderão comprar por 850.
- vendi carteiras BNC 1988 a mais de 300 euros. Penso que se poderão comprar por 100.
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

jdickson
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 3133
Registado: domingo dez 12, 2010 10:27 pm

Re: LOBO

#267 Mensagem por jdickson » domingo jul 24, 2011 5:43 pm

tm1950 Escreveu:Não é apenas o lobo com quebras de 50%. Seguem mais dois exemplos:
- um membro do fórum comprou um 2$50 1937 por 1.850 euros e fez cerca de 500 Km. Julgo que se poderão comprar por 850.
- vendi carteiras BNC 1988 a mais de 300 euros. Penso que se poderão comprar por 100.
Ora aí é que está a essência do "problema", caro Celso...
É que esta desvalorização do Lobo não se pode descontextualizar! Efectivamente, aos exemplos que citou poderiam adicionar-se inúmeros outros, para além da existência de outro fenómeno de que já chamei a atenção no fórum e que consiste no aparecimento no mercado, de moedas tradicionalmente raras (na realidade, quase não se conseguia por a vista nelas) a preços que nada têm a ver com os praticados há alguns anos. Ex: os escudos de 1930 e 1931, soberbos, que comprei há pouco tempo e que nunca tinha conseguido ver, quanto mais comprar...
E a causa é a mesma: a crise, que pelos vistos foi surgindo inicialmente de mansinho ao nível dos preços no mercado numismático e que se abateu agora com estrondo a muitos níveis da sociedade, com óbvios e inevitáveis reflexos no mesmo mercado.
O que será de esperar quando a um aumento da oferta (por necessidade...) se associa uma retração da procura ?
É que mesmo que não ocorram situações financeiras complicadas do ponto de vista individual, em alturas de crise há sempre uma tendência para refrear gastos e aumentar a poupança; e quando o mercado numismático não só não valoriza, como desvaloriza, é difícil considerá-lo como um investimento, sendo antes visto como um "gasto". E os preços caem a pique...
Depois, é ver moedas a serem vendidas a preços "razoáveis", ao lado de vendedores cheios das mesmas peças compradas no tempo das vacas gordas, com preços de "antigamente" e a pedir por elas valores que nada têm a ver com o contexto, demasiadamente elevados...é uma situação complicada do ponto de vista comercial mas o que é extraordinário é que a maior parte destes comerciantes não consegue perceber que seria preferível vender agora sem lucro ou até mesmo com um pequeno prejuízo, do que ficar com as moedas por tempo indeterminado, eventualmente vendendo-as pelo preço pedido mas daqui a muitos anos, quando esse valor em termos relativos é menor, devido à inflação :fire:
Última edição por jdickson em domingo jul 24, 2011 10:33 pm, editado 1 vez no total.

Avatar do Utilizador
eafonso
Reinado D.Pedro IV
Mensagens: 351
Registado: sexta set 04, 2009 4:26 pm
Localização: Oeiras

Re: LOBO

#268 Mensagem por eafonso » domingo jul 24, 2011 8:01 pm

Conncordo com o que refere o amigo Jdickson, mas lanço ainda mais uma acha para a fogueira. O facto de que as moedas de escudo deixaram de ter valor como moedas e passaram a valer apenas como coleccionáveis, veio fazer com que muita gente que pensava ter um valor seguro, mesmo nas moedas de menos valor e circuladas (pelo menos valiam o facial) de repente tem moedas que não valem absolutamente nada, e isso deve ter tido também algum impacto.
Além de que acho que o número de novos coleccionadores é menor do que os que abandonam o hobby, ou estarei enganado? Espero estar, mas as novas gerações parecem-me ter outros interesses e o coleccionismo parece estar a arrefercer...

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10689
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Re: LOBO

#269 Mensagem por tm1950 » domingo jul 24, 2011 10:13 pm

Não sei se há menos coleccionadores, o que é um facto é que há menos compradores.
Num site de leilões português dizia a publicidade: “Atingimos a marca dos 500 mil negócios. São mais de 500 mil artigos únicos…”. Não sei se a designação “negócios” é sinónimo de transacções. Duvido. Talvez seja 500 mil artigos à venda. E quem os compra? Quantas foram as transacções?
A pressão vendedora tem muito mais força do que a compradora. Isto é visível nas feiras, nos leilões ao vivo, nos leilões on-line, nas transacções particulares.
Por isso, os preços dos coleccionáveis tem vindo a cair.
Quais são as causas da existência de menos compradores? Menor poder de compra, acesso menos fácil ao crédito, aumento do desemprego, aumento da poupança, fim de um ciclo de forte alta, etc.
Creio que há muitos coleccionadores em estado de hibernação.
Existem ainda alguns compradores activos que vão adquirindo peças para a sua colecção e também peças para investimento face a alguns preços praticados no mercado. :thumbs:
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

Avatar do Utilizador
eafonso
Reinado D.Pedro IV
Mensagens: 351
Registado: sexta set 04, 2009 4:26 pm
Localização: Oeiras

Re: LOBO

#270 Mensagem por eafonso » domingo jul 24, 2011 11:51 pm

Uma base de dados nacional de coleccionadores era uma ideia interessante...

Responder

Voltar para “República Portuguesa”