Correios, se não bastasse o IPHAN

Tudo relacionado com a numismática brasileira

Moderador: Moderador de Honra

Mensagem
Autor
Avatar do Utilizador
Numistrash
Reinado D.Manuel II
Mensagens: 51
Registado: sábado ago 22, 2009 8:48 pm

Correios, se não bastasse o IPHAN

#1 Mensagem por Numistrash » sexta set 18, 2009 10:17 pm

Prezados, Alguém já enfrentou problemas com os correios em relação a entrega de moedas compradas através de leilões internacionais?
Comprei duas moedas que chegaram ao Brasil no dia 5/09/09, desde então elas estão encalhadas no setor de encomendas internacionais dos Correios. No mesmo período comprei 1 cedula que chegou sem problemas.
Alguém tem ideia desse procedimento e de como reclamar? Temo perder meu dinheiro e não ver minhas encomendas.
Vários leilões não mais aceitam lances de brasileiros devido ao desvio de encomendas
Mais uma turma de cães para nos morder.

O que fazer ?

G. de Lima :fire:


G M de Lima

"Only two things are infinite, the universe and human stupidity, and I am not sure about the former" A. Einstein

Avatar do Utilizador
doliveirarod
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 15595
Registado: terça nov 09, 2004 2:50 am
Localização: Brasil

#2 Mensagem por doliveirarod » sábado set 19, 2009 2:50 am

Calma, isso está assim pq o correio está em greve :fire:
Mas não ´há ainda motivo de desespero, cartas de PT já demoraram mais de 15 dias para chegar até mim, mas vieram sem problema.
http://www.megaleiloes.com/leiloes.php? ... liveirarod ML - http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_14426169
"O colecionador é um homem mais feliz"
DIGA "NÃO" ÀS FALSIFICAÇÕES CHINESAS - Não colabore com mercado criminoso

Avatar do Utilizador
DanteD
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 3394
Registado: quarta mar 04, 2009 7:23 pm
Localização: brasil
Contacto:

#3 Mensagem por DanteD » sábado set 19, 2009 4:15 am

amigo, a maioria das compras internacionais q fiz, chegaram sem maiores problemas., mas hoje em dia, só compro pçs no exterior se forem realmente muito convidativas ou dificeis a um preço muito bom, pois tive um problema que inclusive relatei aqui em um tópico que criei na época do acontecido., acredito o maior problema ser a alfandega, em janeiro deste ano, umas pçs minhas vindas de portugal,sumiram lá....reclamei aos correios aqui no brasil, registrei a reclamação,liguei para a alfandega diversas vezes, e só houve descaso., ...nunca mais apareceram minhas pçs..nem o dinheiro q paguei pode ser devolvido pois o vendedor as enviou declarando pçs sem valor,portanto sem idenização dos correios....fiquei muito revoltado e de mãos atadas,insisti por meses, depois me conformei e amarguei o prejuizo.mas no seu caso, acredito que o problema pode ser mesmo a greve dos correios, não precisa de desesperar ainda.... espere ela passar,casos como este meu são raros,mas q acontecem , acontecem!!!depois disto fiz mais umas tres ou quatro compras fora e deu tudo certo... boa sorte!!

Avatar do Utilizador
DanteD
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 3394
Registado: quarta mar 04, 2009 7:23 pm
Localização: brasil
Contacto:

#4 Mensagem por DanteD » sábado set 19, 2009 4:19 am

o correio tem um 0800 para registrar reclamações, acredito ser melhor q faze-las pelo site, (pelo menos se fala com alguem..) e os tel da alfandega, caso precise , vou ver se ainda os tenho, mas o pouco caso que fazem é muito mesmo.alem de lesarem a gente, ainda tentam nos humilhar, ...é revoltante!

LCCALBUQUERQUE
Reinado D.Manuel II
Mensagens: 81
Registado: sexta jun 19, 2009 6:35 pm
Localização: PERNAMBUCO, BRASIL

Re: Correios, se não bastasse o IPHAN

#5 Mensagem por LCCALBUQUERQUE » sábado set 19, 2009 4:57 am

Este trecho do site do Superior Tribunal de Justiça (STJ) faz considerações sobre a responsabilidade dos correios por extravio:

22/05/2006 - 14h10 Para Correios indenizar por extravio, deve-se provar que correspondência continha valores

Para que a Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos indenize por extravio de guias de seguro-desemprego, é necessário que a pessoa que se diz prejudicada prove sua alegação. A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) acatou o recurso da empresa com o qual buscava reverter condenação imposta pela Justiça Federal no Rio de Janeiro. Quando Luiz da Silva foi demitido, recebeu guias do seguro-desemprego no valor de R$ 1.410,00, as quais foram levadas de sua casa, por engano, pelo irmão. As guias foram devolvidas pelos Correios por meio de carta registrada, que acabou sendo extraviada. Como o gerente da agência dos Correios se comprometeu apenas a ressarcir o valor da postagem, de R$ 5,62, Silva buscou a Justiça pedindo o pagamento do valor das guias do seu seguro-desemprego e uma compensação pelos danos morais diante do sofrimento causado a ele e a sua família. O jardineiro perdeu em primeiro grau, mas o Tribunal Regional Federal da 2ª Região condenou os Correios não só a pagar o correspondente ao seguro-desemprego com a compensá-lo em R$ 1 mil por danos morais. A decisão levou a ECT a recorrer ao STJ alegando que não foi declarado o conteúdo da carta e a lei que trata dos serviços postais não impõe o dever de indenizar. No STJ, a ministra Nancy Andrighi, relatora do recurso, não acatou os argumentos dos Correios quanto à não-declaração do conteúdo e à desoneração legal de indenizar. Para a relatora, as decisões das instâncias ordinárias não trataram do segundo aspecto, o que impede a análise no STJ. Com relação à falta de descrição do conteúdo, a ministra entende que a lei não obriga a identificação do conteúdo como requisito do dever do prestador indenizar o usuário pelo extravio, apenas indica taxativamente quais os casos em que a empresa se exime dessa responsabilidade. "Além disso
continua a relatora, a ECT, na condição de empresa pública prestadora de serviços públicos, obriga-se de forma objetiva a indenizar os usuários de seus serviços pelos danos materiais e morais causados pela ineficiência na entrega da correspondência que lhe foi confiada", conforme determina o Código de Defesa do Consumidor. A ministra foi acompanhada pelo ministro Castro Filho. O entendimento que prevaleceu na Turma, contudo, foi iniciado pelo ministro Humberto Gomes de Barros. Para ele, a alegação de que a correspondência extraviada continha objeto de valor deve ser provada pelo autor, ainda que seja objetiva a responsabilidade dos Correios. "À falta da prova de existência do dano, é improcedente o pedido de indenização", afirma. O ministro Gomes de Barros concorda com a relatora que a lei estabelece taxativamente as hipóteses de exclusão de responsabilidade da ECT, no caso de extravio de correspondência. "Não se nega que a ECT tem o dever de indenizar. O extravio, como dito, é incontroverso", destaca. A indenização, contudo, "deve-se restringir ao dano comprovado pelo autor, que é apenas o do valor da postagem. O conteúdo do envelope não foi objeto de prova."

Avatar do Utilizador
DanteD
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 3394
Registado: quarta mar 04, 2009 7:23 pm
Localização: brasil
Contacto:

#6 Mensagem por DanteD » sábado set 19, 2009 12:56 pm

LCCALBUQUERQUE .............é mais do que justo que os correios idenizem seus extravios, qd aconteceu comigo, entrei nestes sites de reclamação, e fiquei assustado como o que ocorre nesta instituição., me pareceu que a irresponsabilidade toma conta de tudo. A maioria dos comerciantes de moedas qd enviam para o brasil, subfaturam as pçs,em valores menores que 50 dolares,para não serem taxados pela alfandega, ou declaram valor nulo, como aconteceu comigo., isto exime um pouco, ou diminui a responsabilidade de indenização.eu pensei em processar os correios, a alfandega ou algo assim, mas como poderia faze-lo se me foram enviadas pçs declaradas sem valor comercial??fiquei a ver navios......, espero que o nosso colega tenha mais sorte, e cheguem logo as pçs dele.não desejo para ninguem o que aconteceu comigo, nos colecionadores nos afeiçoamos as pçs assim que as vemos pela primeira vez, perde-las, assim sem saber que destino tomaram, é como perder algo que já era nosso há muito tempo.é dolorido...............

LCCALBUQUERQUE
Reinado D.Manuel II
Mensagens: 81
Registado: sexta jun 19, 2009 6:35 pm
Localização: PERNAMBUCO, BRASIL

Re: Correios, se não bastasse o IPHAN

#7 Mensagem por LCCALBUQUERQUE » sábado set 19, 2009 7:50 pm

O problema destes arrajos é isto, não dar para prova o contéudo e, consequentemente, nada de indenização.

É uma situação semelhante a perda de bagagens, se o contéudo não for provado, a pessoa até vai ser indenizada, mas por uma estimativa de peso.

mrsilv1
Reinado D.Carlos
Mensagens: 130
Registado: sábado mar 29, 2008 3:40 am
Contacto:

Re: Correios, se não bastasse o IPHAN

#8 Mensagem por mrsilv1 » quarta dez 09, 2009 8:02 pm

Eu tambem tive problemas...

Estou aguardando o recebimento de uma encomenda, postada na Italia dia 18/11/2008, registrado como RR630324253IT, que até a presente data nao chegou no Brasil, posterior a isso, o remetente enviou-me 2º encomenda, postada dia 13/01/2009 na Italia, registrado como RA004335866IT.
As duas encomendas, nunca chegaram. Eu acredito que as vezes aconteça desvio/furto dos proprios funcionarios da receita federal/alfandega.

Com certeza, quem recebeu esse pacote, deve ter visto que correspondia a moedas para coleção e deve ter "embolsado", infelizmente tive um prejuízo de US$ 100.
LECRAM - Numismatu$ Monetariu$
venda de moedas/cédulas: http://www.orkut.com/Main#Profile?rl=mp ... 1117259417

rodrigoleite
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 5094
Registado: terça jul 21, 2009 12:55 am
Localização: Rio de Janeiro, Brasil

#9 Mensagem por rodrigoleite » quarta dez 09, 2009 9:21 pm

Já recebi 2 cartas de PT sem problemas. A 3ª foi enviada dia 2, vamos ver se chega.
Rodrigo Leite

Scientia nvmismatica ad omnivm gentivm.

rodrigoleite
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 5094
Registado: terça jul 21, 2009 12:55 am
Localização: Rio de Janeiro, Brasil

Re: Correios, se não bastasse o IPHAN

#10 Mensagem por rodrigoleite » quarta dez 09, 2009 9:23 pm

mrsilv1 Escreveu:Eu tambem tive problemas...

Estou aguardando o recebimento de uma encomenda, postada na Italia dia 18/11/2008, registrado como RR630324253IT, que até a presente data nao chegou no Brasil, posterior a isso, o remetente enviou-me 2º encomenda, postada dia 13/01/2009 na Italia, registrado como RA004335866IT.
As duas encomendas, nunca chegaram. Eu acredito que as vezes aconteça desvio/furto dos proprios funcionarios da receita federal/alfandega.

Com certeza, quem recebeu esse pacote, deve ter visto que correspondia a moedas para coleção e deve ter "embolsado", infelizmente tive um prejuízo de US$ 100.
Enviou sem registro?
Se está registrada pode reclamar.
Rodrigo Leite

Scientia nvmismatica ad omnivm gentivm.

Responder

Voltar para “Moedas do Brasil”