Alto império Romano-AE24 cunhado em Deultum/Trácia Alexandre Severo

Moderadores: Paul Gerritsen Plaggert, Marcelo Leal, Moderador de Honra

Responder
Mensagem
Autor
Avatar do Utilizador
fernanrei
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 5265
Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm

Alto império Romano-AE24 cunhado em Deultum/Trácia Alexandre Severo

#1 Mensagem por fernanrei » quarta dez 25, 2019 7:50 pm

Caros ilustres, apresento mais um Bronze Romano de cunhagem provincial, neste caso, de Alexandre Severo. Mais uma vez, o estado de conservação não é o melhor, mas é uma moeda que também não aparece muito.

Marcus Aurelius Severus Alexander
Imperador de 222 a 235 dC.
Nasceu em 208 d.C. na Fenícia (atual Líbano) e morreu em 235 d.C. em Mainz (na atual Alemanha)

AE24 cunhado em Deultum/Trácia

Anverso – Busto de Severo drapeado e virado para a direita.
Legenda – IMP C M AVR SEV ALEXAND AVG

Reverso – Deusa Concórdia virada para a esquerda a segurar uma cornucópia e uma bandeja.
Legenda – COL FL PAC DEVLT

24mm 7,3g

Moushmov 3596
Imagem Imagem


:D FMMRei :D

Avatar do Utilizador
silvio2
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 5010
Registado: sexta jun 28, 2013 4:10 pm
Localização: Leiria (Distrito)

Re: Alto império Romano-AE24 cunhado em Deultum/Trácia Alexandre Severo

#2 Mensagem por silvio2 » quinta dez 26, 2019 1:53 pm

Apesar do EC "não ser por aí além" não deixa de ser uma moeda interessante, obviamente. :)
Obrigado, amigo Fernando, por partilhar. :thumbupleft: :xmas:
Cumprimentos,
Sílvio Silva

Avatar do Utilizador
fernanrei
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 5265
Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm

Re: Alto império Romano-AE24 cunhado em Deultum/Trácia Alexandre Severo

#3 Mensagem por fernanrei » quinta dez 26, 2019 2:18 pm

silvio2 Escreveu:
quinta dez 26, 2019 1:53 pm
Apesar do EC "não ser por aí além" não deixa de ser uma moeda interessante, obviamente. :)
Obrigado, amigo Fernando, por partilhar. :thumbupleft: :xmas:
São moedas que não aparecem muito e quando surgem, estão sempre "esfarrapadas ". Mas merecem algum protagonismo :biglaugh:
:D FMMRei :D

alpinojuan
Reinado D.Maria II
Mensagens: 290
Registado: sexta jun 07, 2019 10:03 pm

Re: Alto império Romano-AE24 cunhado em Deultum/Trácia Alexandre Severo

#4 Mensagem por alpinojuan » quinta dez 26, 2019 3:41 pm

Até podem considerar que não está lá grande coisa, mas a moeda apresenta no seu todo as características que a permitem catalogar sem dúvidas, na minha opinião está bem boa, gosto sempre de refletir, e neste caso em particular, são 1800 anos de vida (numero redondos). A legenda bem visível, os relevos ainda perceptíveis, e sendo de uma série "rara" acaba por ser um verdadeiro luxo.

Fiquei curioso com os "quase" orifícios que apresenta nas duas faces. Alguma ideia do que poderá ser?

Parabéns caro amigo Fernando.

Obrigado pela partilha.

Cordialmente.
Juan Santos
Cordialmente
Juan Santos

Avatar do Utilizador
fernanrei
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 5265
Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm

Re: Alto império Romano-AE24 cunhado em Deultum/Trácia Alexandre Severo

#5 Mensagem por fernanrei » quinta dez 26, 2019 4:53 pm

alpinojuan Escreveu:
quinta dez 26, 2019 3:41 pm
Até podem considerar que não está lá grande coisa, mas a moeda apresenta no seu todo as características que a permitem catalogar sem dúvidas, na minha opinião está bem boa, gosto sempre de refletir, e neste caso em particular, são 1800 anos de vida (numero redondos). A legenda bem visível, os relevos ainda perceptíveis, e sendo de uma série "rara" acaba por ser um verdadeiro luxo.

Fiquei curioso com os "quase" orifícios que apresenta nas duas faces. Alguma ideia do que poderá ser?

Parabéns caro amigo Fernando.

Obrigado pela partilha.

Cordialmente.
Juan Santos
Obrigado amigo Juan. Relativamente aos orifícios que refere, na minha opinião, são a marca deixada pelo orifício de entrada da liga, ou respirador, nos moldes dos discos onde eram cunhadas as moedas. :thumbupleft:
:D FMMRei :D

Avatar do Utilizador
fernanrei
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 5265
Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm

Re: Alto império Romano-AE24 cunhado em Deultum/Trácia Alexandre Severo

#6 Mensagem por fernanrei » terça dez 31, 2019 5:10 pm

É pena estar um pouco picada, mas não deixa de ser um numisma muito interessante.
:D FMMRei :D

Avatar do Utilizador
fernanrei
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 5265
Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm

Re: Alto império Romano-AE24 cunhado em Deultum/Trácia Alexandre Severo

#7 Mensagem por fernanrei » segunda jan 06, 2020 11:40 am

Se alguém tiver alguma sugestão mais convincente da razão da existência desse pequeno orifício, eu agradeço. :thumbs:
:D FMMRei :D

AdrianoHS
Reinado D.José
Mensagens: 534
Registado: segunda nov 26, 2018 4:47 am

Re: Alto império Romano-AE24 cunhado em Deultum/Trácia Alexandre Severo

#8 Mensagem por AdrianoHS » segunda jan 06, 2020 2:06 pm

fernanrei Escreveu:
quinta dez 26, 2019 4:53 pm
alpinojuan Escreveu:
quinta dez 26, 2019 3:41 pm
Até podem considerar que não está lá grande coisa, mas a moeda apresenta no seu todo as características que a permitem catalogar sem dúvidas, na minha opinião está bem boa, gosto sempre de refletir, e neste caso em particular, são 1800 anos de vida (numero redondos). A legenda bem visível, os relevos ainda perceptíveis, e sendo de uma série "rara" acaba por ser um verdadeiro luxo.

Fiquei curioso com os "quase" orifícios que apresenta nas duas faces. Alguma ideia do que poderá ser?

Parabéns caro amigo Fernando.

Obrigado pela partilha.

Cordialmente.
Juan Santos
Obrigado amigo Juan. Relativamente aos orifícios que refere, na minha opinião, são a marca deixada pelo orifício de entrada da liga, ou respirador, nos moldes dos discos onde eram cunhadas as moedas. :thumbupleft:
Olá, Fernando.

Nada sei destas clássicas.
Ainda não tive tempo para estudá-las, um dia certamente me aventurarei nelas. As acho belíssimas. Parabéns, confio na classificação que atribuí e sempre apresenta beldades desse tema, que sei apreciar.
Quanto aos orifícios não acho que sejam ladrões num processo de fundição. A técnica para discos implicaria numa aplicação do metal em moldes horizontais, aproveita-se a gravidade pra preenchimento total e uniforme da peça e o excesso sangraria lateralmente, pelos bordos, não ao centro o que criaria peças muito irregulares. Como nos cash em árvore chineses. Ainda que fosse o caso, nota-se um retrabalho da rebarba, isso numa produção em escala demoraria e encareceria a produção. Creio ser outro motivo destas marcas, acho. Apenas palpite.

Grande abraço. :beer: :rotate:

Avatar do Utilizador
fernanrei
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 5265
Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm

Re: Alto império Romano-AE24 cunhado em Deultum/Trácia Alexandre Severo

#9 Mensagem por fernanrei » segunda jan 06, 2020 2:49 pm

AdrianoHS Escreveu:
segunda jan 06, 2020 2:06 pm
fernanrei Escreveu:
quinta dez 26, 2019 4:53 pm
alpinojuan Escreveu:
quinta dez 26, 2019 3:41 pm
Até podem considerar que não está lá grande coisa, mas a moeda apresenta no seu todo as características que a permitem catalogar sem dúvidas, na minha opinião está bem boa, gosto sempre de refletir, e neste caso em particular, são 1800 anos de vida (numero redondos). A legenda bem visível, os relevos ainda perceptíveis, e sendo de uma série "rara" acaba por ser um verdadeiro luxo.

Fiquei curioso com os "quase" orifícios que apresenta nas duas faces. Alguma ideia do que poderá ser?

Parabéns caro amigo Fernando.

Obrigado pela partilha.

Cordialmente.
Juan Santos
Obrigado amigo Juan. Relativamente aos orifícios que refere, na minha opinião, são a marca deixada pelo orifício de entrada da liga, ou respirador, nos moldes dos discos onde eram cunhadas as moedas. :thumbupleft:
Olá, Fernando.

Nada sei destas clássicas.
Ainda não tive tempo para estudá-las, um dia certamente me aventurarei nelas. As acho belíssimas. Parabéns, confio na classificação que atribuí e sempre apresenta beldades desse tema, que sei apreciar.
Quanto aos orifícios não acho que sejam ladrões num processo de fundição. A técnica para discos implicaria numa aplicação do metal em moldes horizontais, aproveita-se a gravidade pra preenchimento total e uniforme da peça e o excesso sangraria lateralmente, pelos bordos, não ao centro o que criaria peças muito irregulares. Como nos cash em árvore chineses. Ainda que fosse o caso, nota-se um retrabalho da rebarba, isso numa produção em escala demoraria e encareceria a produção. Creio ser outro motivo destas marcas, acho. Apenas palpite.

Grande abraço. :beer: :rotate:
Eu também tenho dificuldade em dar crédito a essa tese, mas como não tenho outra e já o vi fazer em moldes manovalves, dei o palpite. Mas não faz muito sentido de facto :think: . Pode ser que apareça alguém com uma explicação mais assertiva. :thumbupleft:
:D FMMRei :D

Responder

Voltar para “Romanas”