EMISSÕES SOVIÉTICAS, Restauração - A NEP

Moderadores: Netfobia, Moderador de Honra

Mensagem
Autor
Avatar do Utilizador
doliveirarod
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 15669
Registado: terça nov 09, 2004 2:50 am
Localização: Brasil

EMISSÕES SOVIÉTICAS, Restauração - A NEP

#1 Mensagem por doliveirarod » domingo abr 26, 2009 5:11 am

Essas vão para o amigo Bruno Rua, que tanta coisa bonita compartilha conosco!

russianrevolution-1024x687-1024x585.jpg

A REVOLUÇÃO: Em 1917 o Czar é derrubado, assumindo o poder na Rússia o grupo dos Mencheviques (os marxistas ortodoxos, que pregavam o amadurecimento do capitalismo, para só depois se falar em comunismo), sob a liderança de Kerensky, que manteve a Rússia na 1ª guerra mundial. Esse fato desgastava o governo, fortalecendo os bolcheviques liderados por Lenin, que lançou as suas famosas “teses de abril”, que se fundamentavam no mote: “Paz, terra e pão”, pretendia a saída da Rússia da guerra e a divisão das grandes propriedades entre os camponeses. “Todo poder aos sovietes”, dizia Lenin, enquanto Trotsky formava a guarda vermelha, entre os operários e camponeses.

Em novembro do mesmo ano, os bolcheviques tomam de assalto o governo, instalando o “Conselho de Comissários do Povo”, que seria o novo poder constituído. No comando de tal conselho, o próprio Lenin, que era auxiliado por Trotsky, responsável pelos negócios estrangeiros, e por Stálin, que chefiava os assuntos internos.

Logo no ínício de seu governo, que foi de 1917 até 1924, Lenin nacionalizou todas as indústrias e bancos estrangeiros que operavam na Rússia, firmando também um acordo desvantajoso com a Alemanha, para retirar a URSS da guerra, onde a mesma cedia aos alemães territórios na Ucránia, Polónia, Lituánia, Estónia e Finlândia. Essas mudanças radicais na estrutura de poder no país causaram a ação das forças reacionárias, e surgiu a forte oposição do grupo dos “russos brancos”, formado por mencheviques e czaristas. O país mergulha numa violenta guerra civil, que só viria a terminar em 1921.

Durante essa guerra sangrenta, Lenin fez adotar o sistema do comunismo de guerra, que consistia na eliminação total da economia de mercado e centralização da produção pelo Estado. Conseguia assim o Estado comunista recursos para enfrentar seus inimigos internos, e também o cerco internacional. Deram-se confiscos de produção agrícola e rural, requisições forçadas, anulações dos contratos de compra e venda e registros de propriedade, e assim, no meio desse caos, o uso da moeda, o rublo, praticamente desapareceu, caindo em total desuso.

Em 1921, com a vitória dos bolcheviques (russos vermelhos), Lenin lança um plano de reestruturação econômica para enfrentar a grave crise que a Russia estava metida, havendo saques, problemas de abastecimento e revoltas generalizadas. Surgia assim a Nova Política Económica, ou NEP. A NEP consistia numa mescla de princípios socialistas com alguns elementos capitalistas, a fim de estimular a volta da produção agrícola e industrial no país e afastar o perigo do colapso geral. O plano trouxe de volta algo da economia de mercado, o pequeno comércio e a possibilidade de venda de produtos por parte dos camponeses. Lenin justificava tais atitudes capitalistas dizendo que “dava um passo atrás para dar dois à frente mais tarde”. Visou fortalecer a economia russa, para depois implantar um regime socialista, o que curiosamente correspondia justamente aos ideais mencheviques!
A NEP perdurou até 1928, e conseguiu reestabelecer parte da combalida economia soviética, com uma relativa recuperação dos setores produtivos agrícolas, comerciais e industriais. Incluía o projeto a restauração do rublo como uma moeda forte e de credibilidade.

A NEP E A REESTRUTURAÇÃO DO MEIO CIRCULANTE

De fato, as emissões soviéticas são um reflexo do caos, e também da recuperação econômica posterior, aliás, como sempre, a numária grava os acontecimentos históricos.
Observando as últimas emissões czaristas, a derrubada do regime e a subida ao poder dos bolcheviques, vemos que, desde as últimas moedas cunhadas pelo Czar em 1917, até a instauração da NEP em 1921, há um grande hiato, ou seja: Nada de metálico foi produzido pelas casas de cunhagem russas nesse intervalo de 5 anos! O bagunçado sistema circulante era composto basicamente de papel moeda emitido em grandes quantidades (impresso a partir de 1919), ou seja, notas inflacionadas com cada vez menos valor, estando a inflação estava cada vez mais alta, mas não só. Circulavam também notas emitidas pela Duma, "bônus de Kerensky" e outras coisas sem crédito, de forma que era necessário uma severa restruturação desse combalido meio circulante, para que a economia pudesse voltar a respirar.

A emissão de moeda saudável começa apenas 1921, justamente à data da NEP, com o início da cunhagem de moedas de prata comunistas, sendo a cunhagem em ouro de 1923, e a de cobre iniciada apenas em 1925.

Assim, em 1921 surgem a primeira série de prata soviética. Os comunistas restauravam exatamente o velho padrão (1 rublo = 100 kopeks), peso e liga do tempo do último Czar, Nicolau II, sendo que um "novo rublo" equivalia a 10.000 velhos rublos inflacionados. As iniciais dos ensaiadores responsáveis pelas cunhagens se encontram no rebordo das peças de 50 kopeks e 1 rublo, de maneira que moedas de mesmo valor e data podem ter as iniciais de ensaiadores diferentes. Foram eles: Tomas Ross (T∙P); P.V.Latishev (П.Л) e A. Gartiman (А∙Г).
Como não poderia deixar de ser, exalta-se o trabalhador soviético e os novos símbolos nacionais da estrela vermelha e da foice e martelo, além de slogans usados no período revolucionário. Tanto as moedas da primeira quanto da segunda séries foram cunhadas na Casa da Moeda de Leningrado.


AS SÉRIES:

Primeira Série Emitida:


1rublo21.jpg
1 Rublo
Prata 0,900
Peso teórico - 19,9 gramas
1921 - А∙Г (A. Gartiman - rebordo)
Km 84
Rev: Estrela soviética - РУБЛЬ (RUBLO) - 1921
Verso: Armas soviéticas - ПРОЛЕТАРИИ ВСЕХ СТРАН, СОЕДИНЯЙТЕСЬ! Р.С.Ф.С.Р. (trabalhadores do mundo, uni-vos)
Rebordo: ЧИСТОГО СЕРЕБРА 4 ЗОЛОТНИКА 21 ДОЛЯ (А∙Г)". For coins dated 1922: "ЧИСТОГО СЕРЕБРА 4 ЗОЛОТНИКА 21 ДОЛЯ (А∙Г) - Prata pura 4 Zolotniks 21 parts


Datas e quantidades:

1921 А∙Г - 1.000,000
1922 А∙Г - 2.050,000
1922 П.Л -
Existem proofs de todas as datas.




50kps22.jpg
50 Kopeks
Prata 0,900
Peso teórico - 9,9 gramas
1922 - П.Л (P.V.Latishev - rebordo)
Km 83
Rev: Estrela soviética - 50 КОПЕЕК (KOPEKS) - 1921
Verso: Armas soviéticas - ПРОЛЕТАРИИ ВСЕХ СТРАН, СОЕДИНЯЙТЕСЬ! Р.С.Ф.С.Р. (trabalhadores do mundo, uni-vos)
Rebordo - ЧИСТОГО СЕРЕБРА 2 ЗОЛОТНИКА 10,5 ДОЛЕЙ (П.Л)" e "ЧИСТОГО СЕРЕБРА 2 ЗОЛОТНИКА 10,5 ДОЛЕЙ (П.Л) - "Prata pura 2 Zolotniks 10.5 partes"

Datas e quantidades:

1921 А∙Г - 1.400,000
1922 А∙Г - 8.224,000
1922 П.Л - incerta
Existem proofs dessas datas




20kps22.jpg
20 Kopeks
Prata 0,500
Peso teórico - 3,6 gramas
1922
Km 82
Rev: Estrela soviética - 20 КОПЕЕК (KOPEKS) - 1922
Verso: Armas soviéticas - ПРОЛЕТАРИИ ВСЕХ СТРАН, СОЕДИНЯЙТЕСЬ! Р.С.Ф.С.Р. (trabalhadores do mundo, uni-vos)

Datas e quantidades:

1921 - 825.000
1922 - 14.220,000
1923 - 27.580
Existem proofs dessas datas



15kps23.jpg
15 Kopeks
Prata 0,500
Peso teórico - 2,7 gramas
1922
Km 81
Rev: Estrela soviética - 15 КОПЕЕК (KOPEKS) - 1923
Verso: Armas soviéticas - ПРОЛЕТАРИИ ВСЕХ СТРАН, СОЕДИНЯЙТЕСЬ! Р.С.Ф.С.Р. (trabalhadores do mundo, uni-vos)

Datas e quantidades:

1921 - 933.000
1922 - 13.633,000
1923 - 28.503,000
Existem proofs dessas datas



10kps23.jpg
10Kopeks
Prata 0,500
Peso teórico - 1,8 gramas
1923
Km 80
Rev: Estrela soviética - 10 КОПЕЕК (KOPEKS) - 1923
Verso: Armas soviéticas - ПРОЛЕТАРИИ ВСЕХ СТРАН, СОЕДИНЯЙТЕСЬ! Р.С.Ф.С.Р. (trabalhadores do mundo, uni-vos)

Datas e quantidades:

1921 - 950.000
1922 - 18.640,000
1923 - 33.424,000
Existem proofs dessas datas





Segunda Série Emitida:
Após 1923, o designer da série é modificado. Entram motivos de propaganda do regime, aparecem então trabalhadores, agricultores, fábricas, instrumentos de trabalho, etc... Essa série vai de 1924 até 1931, sendo que o 1 Rublo foi cunhado tão somente em 1924. Nela trabalharam os ensaiadores Tomas Ross (T∙P); P.V.Latishev (П.Л):

1rb.jpg
1 Rublo
Prata 0,900
Peso teórico - 19,9 gramas
1924 - П.Л (P.V.Latishev - rebordo)
Km 90
Rev: Armas soviéticas - ПРОЛЕТАРИИ ВСЕХ СТРАН, СОЕДИНЯЙТЕСЬ! (trabalhadores do mundo, uni-vos) - СССР - ОДИН (um) РУБЛЬ (Rublo)
Verso: 1924r - camponeses e sol nascendo atrás de fábrica (menção à industrialização do país).
Rebordo: ЧИСТОГО СЕРЕБРА 18 ГРАММ (4 З. 21 Д.) П∙Л - Prata pura18 gram (4 Z. 21 D.)


Datas e quantidades:

1924 П.Л - 12.998,000
Existe proof



50kps25.jpg
reb.jpg
(as marcas dos ensaiadores П.Л e T∙P)

50 kopecks
Prata 0,900
Peso teórico - 9,9 gramas
1925 - П.Л (P.V.Latishev - rebordo)
Km 89
Rev: Armas soviéticas - ПРОЛЕТАРИИ ВСЕХ СТРАН, СОЕДИНЯЙТЕСЬ! (trabalhadores do mundo, uni-vos) - СССР - ПОЛТИННИК (Poltinik - 1/2 rublo)
Verso: 1925r - Ferreiro
Rebordo: ЧИСТОГО СЕРЕБРА 9 ГРАММ (2 З. 10,5 Д.) П∙Л - Prata pura 9 gram (2 Z. 10,5 D.)


Datas e quantidades:

1924 П.Л - 26.559,000
1924 T∙P - 40.000,000
1925 П.Л - 43.557,000
1926 П.Л - 24.374,000
1927 П.Л - incerta
Existem proofs dessas datas.



20kps28.jpg
20 Kopeks
Prata 0,500
Peso teórico - 3,6 gramas
1928
Km 88
Rev: 20 КОПЕЕК (KOPEKS) - 1928
Verso: Armas soviéticas - ПРОЛЕТАРИИ ВСЕХ СТРАН, СОЕДИНЯЙТЕСЬ! (trabalhadores do mundo, uni-vos) - СССР

Datas e quantidades:

1924 - 93.810,000
1925 - 135.188,000
1927 - incerto
1928 - incerto
1929 - 67.250,000
1930 - 125.658,000
1931 - 9.530,000 (RARA)



15kps30.jpg
15 Kopeks
Prata 0,500
Peso teórico - 2,7 gramas
1930
Km 87
Rev: 15 КОПЕЕК (KOPEKS) - 1930
Verso: Armas soviéticas - ПРОЛЕТАРИИ ВСЕХ СТРАН, СОЕДИНЯЙТЕСЬ! (trabalhadores do mundo, uni-vos) - СССР

Datas e quantidades:

1924 - 72.426,000
1925 - 112.708,000
1927 - incerto
1928 - incerto
1929 - 46.400,000
1930 - 79.867,000
1931 - 5.099,000 (RARA)



10kps27.jpg
10 Kopeks
Prata 0,500
Peso teórico - 1,8 grama
1927
Km 86
Rev: 10 КОПЕЕК (KOPEKS) - 1927
Verso: Armas soviéticas - ПРОЛЕТАРИИ ВСЕХ СТРАН, СОЕДИНЯЙТЕСЬ! (trabalhadores do mundo, uni-vos) - СССР

Datas e quantidades:

1924 - 67.350,000
1925 - 101.013,000
1927 - incerto
1928 - incerto
1929 - 64.900,000
1930 - 163.424,000
1931 - 8.790,000 (RARA)



Em 1931 as moedas de prata são desmonetarizadas, embora houvesse já grande quantidade de peças produzidas nessa data, elas quase não entraram em circulação, sendo consideradas hoje moedas raras! Assim, após o recolhimento, a prata sai do giro, sendo substituída pelo "copper-níquel" ainda nesse mesmo ano.

Considero-as peças interessantes, de valor histórico. O Chervonetz (10 rublos) de ouro de 1923 é sempre bem cotada, e o de 1925 só se conhece um exemplar.
cccp.jpg
Não tem Permissão para ver os ficheiros anexados nesta mensagem.


http://www.megaleiloes.com/leiloes.php? ... liveirarod ML - http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_14426169
"O colecionador é um homem mais feliz"
DIGA "NÃO" ÀS FALSIFICAÇÕES CHINESAS - Não colabore com mercado criminoso

Avatar do Utilizador
antoniojulio
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 7079
Registado: quarta abr 02, 2008 12:11 am
Localização: Porto

#2 Mensagem por antoniojulio » domingo abr 26, 2009 7:06 pm

Parabéns, estas moedas Russas estão muito bonitas. :green:
COM OS MEUS CUMPRIMENTOS.
ANTÓNIO JÚLIO

Avatar do Utilizador
João Paulo Silva
Reinado D.António
Mensagens: 916
Registado: terça jul 08, 2008 7:14 pm

Re: EMISSÕES SOVIÉTICAS - O NEP

#3 Mensagem por João Paulo Silva » domingo abr 26, 2009 8:49 pm

Caro Fabiano:
Aqui vai a prima da outra (1922)
Imagem
João Paulo Silva

jcarlos
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4327
Registado: terça jun 17, 2008 12:05 am

Re: EMISSÕES SOVIÉTICAS - O NEP

#4 Mensagem por jcarlos » domingo abr 26, 2009 11:00 pm

Bom texto e belas moedas! Parabéns Fabiano! :green:

Avatar do Utilizador
josape
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 6005
Registado: quarta dez 17, 2008 11:21 pm
Localização: Ponte-Guimarães

#5 Mensagem por josape » terça abr 28, 2009 12:44 am

Um bom trabalho
Obrigado pela partilha
José Pereira

bruno rua
Reinado D.Maria I
Mensagens: 476
Registado: sexta fev 29, 2008 11:27 am

Re: EMISSÕES SOVIÉTICAS - A NEP

#6 Mensagem por bruno rua » terça abr 28, 2009 7:18 am

obrigado fabiano.

estas que apresentas são muito , muito boas, para já só tenho o 50 kopecs 1921 e 1 rublo 1924, mas a seu tempo tentarei comprar as outras tambem :D
esse rublo de 1921 está magnifico :green:

MCarvalho
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 8378
Registado: sexta nov 05, 2004 9:55 pm

#7 Mensagem por MCarvalho » quarta abr 29, 2009 1:07 pm

Mais uma vez uma delícia de introdução histórica e de moedas.

Parabéns!

Mas aproveito também para perguntar, Fabiano, se sabes qual é o primeiro Rublo cunhado depois do derrube da Monarquia? Já procurei, mas nunca encontrei nada sobre a amoedação no tempo de Kerensky? A diminuição da circulação foi tão grande que se deixou de cunhar moeda?
MCarvalho

Avatar do Utilizador
doliveirarod
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 15669
Registado: terça nov 09, 2004 2:50 am
Localização: Brasil

#8 Mensagem por doliveirarod » quarta abr 29, 2009 1:33 pm

Aí no próprio texto tens a explicação Mário.
O 1º rublo foi esse de 1921, o padrão monetário russo foi restaurado pela NEP. De 1917 até 1920 não houve nenhuma cunhagem soviética.
:green:
http://www.megaleiloes.com/leiloes.php? ... liveirarod ML - http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_14426169
"O colecionador é um homem mais feliz"
DIGA "NÃO" ÀS FALSIFICAÇÕES CHINESAS - Não colabore com mercado criminoso

Avatar do Utilizador
doliveirarod
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 15669
Registado: terça nov 09, 2004 2:50 am
Localização: Brasil

Re: EMISSÕES SOVIÉTICAS, Restauração - A NEP

#9 Mensagem por doliveirarod » sábado nov 14, 2020 4:50 am

Consertado e melhorado.
http://www.megaleiloes.com/leiloes.php? ... liveirarod ML - http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_14426169
"O colecionador é um homem mais feliz"
DIGA "NÃO" ÀS FALSIFICAÇÕES CHINESAS - Não colabore com mercado criminoso

Avatar do Utilizador
silvio2
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 6536
Registado: sexta jun 28, 2013 4:10 pm
Localização: Leiria (Distrito)

Re: EMISSÕES SOVIÉTICAS, Restauração - A NEP

#10 Mensagem por silvio2 » sábado nov 14, 2020 8:43 am

Mais um excelente Tópico (em boa hora "consertado e melhorado") contextualizando histórica e numismaticamente, a emissão destas bonitas moedas. :clap3:
Obrigado, caro Fabiano, por mais este apontamento. :thumbupleft:
Cumprimentos,
Sílvio Silva

Responder

Voltar para “Europa”