Cunhagem da África Oriental Alemã

Moderadores: Netfobia, Moderador de Honra

Responder
Mensagem
Autor
Avatar do Utilizador
doliveirarod
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 15579
Registado: terça nov 09, 2004 2:50 am
Localização: Brasil

Cunhagem da África Oriental Alemã

#1 Mensagem por doliveirarod » domingo out 20, 2019 11:26 pm

africaalema.png
ÁFRICA ORIENTAL ALEMÃ: Deutsch-Ostafrika - Como se sabe, a Alemanha entrou bem tardiamente na corrida colonial, visto que sua unificação foi tardia (1871), e ao se consolidar, poucas áreas da África e Ásia que tinham algum valor ainda estavam disponíveis para tal aventura. A idéia de que a Alemanha deveria se lançar na corrida colonial surgiu na década de 1880, movida pela burguesia crescente e militares, que desejam novas terras para comércio e culturas agrícolas que abasteceriam o Reich. Em 1884, surge a Companhia Alemã de Colonização, fundada por Karl Peters, que, com o dinheiro dos acionistas, monta uma expedição para o Leste da África, mais precisamente Zanzibar, onde consegue negociar com o sultão a "proteção" da Companhia sobre as áreas da Tanganika, terras localizadas ao Norte do Moçambique Português. Inicialmente, Berlim não apoiou a iniciativa, com receio de contrariar principalmente os britânicos na região, mas após Peters ameaçar vender os direitos de exploração da Tanganika aos belgas (já donos do Congo), o próprio Kaiser alemão decide expedir uma carta oficial de proteção aos territórios, nascendo assim a África Oriental Alemã, em 1885, sendo a Companhia renomeada para Sociedade Alemã da África Oriental. O sultão de Zanzibar, evidentemente, não gostou nada dessa carta, chegou a formar tropas, mas uma esquadra enviada por Bismark fez o governante mudar de idéia. Acertos com os ingleses e novos "acordos" impostos por Peters ao sultão, fizeram a colônia tomar a forma definitiva, a da Tanzânia atual.
Em 1890, o Protetorado finalmente se torna um território formalmente do Reich. A Alemanha desenvolve sua colônia, chegam os correios e o telégrafo, surgem estradas, mas o aumento de impostos causa a revolta nativa chamada "Maji Maji", em 1905, que é violentamente esmagada. Com a Primeira Guerra Mundial, as tropas coloniais britânicas e belgas entram em conflito com as tropas alemãs e seus "askaris" (soldados nativos). Sob o comando de Von Lettow os alemães infligem sérias perdas aos britânicos e belgas, e também às tropas portuguesesas de Moçambique, só vindo a se entregar com o fim do conflito, em 1918. Com o Tratado de Versailles, a área é dividida entre Bélgica e Inglaterra, cabendo a Portugal a devolução do Triângulo de Quionga, invadido pela Alemanha e alvo de disputas anteriores.

A NUMÁRIA: Tanganika era anteriormente uma região costeira, possessão de Zanzibar, um sultanato muçulmano, de maneira que na região eram muito bem aceitas as rúpias de boa prata da índia, obtidas em transações comerciais há séculos, sendo também circulantes os talers de M. Tereza da Áustria, além da moeda espanhola colonial. Em 1890, a Companhia Alemã da África Oriental consegue com o Reich o direito de emissão de moedas, adotando o padrão da rúpia indiana, seguindo seu peso e boa liga. Mesmo após a aquisição formal da colônia pelo Reich, também em 1890, a Companhia continuou emitindo, até 1904, quando o Reich assume o controle da emissão, com a criação do Ostafrikanische Bank. A economia local era basicamente de subsistência, os nativos cuidavam de suas próprias plantações e inicialmente não se interessaram em trabalhar nas plantações de algodão e sisal dos alemães, mesmo com um sistema de câmbio tão bom. Assim, a administração alemã passou a exigir impostos pagáveis apenas com moeda colonial, de maneira a forçar os nativos a procurar meios de obtê-las.

Uma rúpia de prata colonial equivalia a uma rúpia de prata da índia no câmbio, sendo originalmente subdividida em 64 pice (pesa). Em 1890, introduziram as moedas de cobre de 1 Pesa e as de prata 1 e 2 Rupie, seguidas no ano seguinte pelas ¼ e ½ Rupia em prata, e em 1893 surge a moeda de 2 Rupias de prata.

Após a passagem da emissão para o Reich, houve a decimalização do sistema, sendo a Rúpia dividida em 100 heller, sendo estipulado o câmbio de 15 rúpias para 20 marcos alemães. Mesmo após a derrota da Alemanha e a passagem da colônia para a Grã-Bretanha, os ingleses mantiveram a circulação da rúpia até 1920, quando a substituíram por sua própria moeda colonial.
Todas as moedas de prata foram batidas na Alemanha, ostentando os exemplares da segunda série as letras das duas Casas Monetárias; A - Berlim, J - Hamburgo. Os ensaiadores foram os alemães Emil Weigand e Otto Schultz. Todos os exemplares em prata foram cunhados com liga 0,917.
Vamos a elas:

EXEMPLARES:
*Emissões sob a Companhia da África Oriental Alemã: De 1890, quando a Companhia adquire os direitos de cunhagem, até 1902. Em 1904, o direito de emissão passa ao Reich . Reverso: Armas da Companhia - DEUTSCH - OSTAFRIKANISCHE GESELLSCHAFT (Data) – (Valor) RUPIE. Verso: GUILELMUS II IMPERATOR
mr01.jpg
¼ de rúpia
Prata 0,917
Peso teórico 2.91 grm
KM 2

Datas e quantidades:

1891 – 77.000
1898 – 100.000
1901 – 350.000

meirup.jpg
½ rúpia
Prata 0,917
Peso teórico 5.83 grm
KM 3

Datas e quantidades:

1891 – 68.000
1897 – 750.000
1901 – 215.000


r97.jpg
rúpia
Prata 0,917
Peso teórico 11.66 grm
KM 4

Datas e quantidades:

1890 – 154.000
1891 – 126.000
1892 – 360.000
1893 – 142.000
1894 – 48.000
1897 – 244.000
1898 – 357.000
1899 – 227.000
1900 – 209.000
1901 – 319.000
1902 – 151.000


2r93.jpg
2 rúpias
Prata 0,917
Peso teórico 23.32 grm
KM 5

Datas e quantidades:

1893 – 33.000 exemplares
1894 – 18.000 exemplares


*Emissões sob Ostafrikanische Bank (Reich): De 1904, data do surgimento do Banco, até 1914, início da Primeira Guerra Mundial. Reverso: Armas da Companhia - DEUTSCH OSTAFRIKA (Valor Facial) RUPIE (Data e Casa). Verso: GUILELMUS II IMPERATOR
qter10.jpg
¼ de rúpia
Prata 0,917
Peso teórico 2.91 grm
KM 13

Datas e quantidades:
1904A – 300.000
1906A – 300.000
1906J – 100.000
1907J – 200.000
1909A – 300.000
1910J – 600.000
1912J – 400.000
1913A – 200.000
1913J – 400.000
1914J – 200.000


mr04.jpg
1/2 de rúpia
Prata 0,917
Peso teórico 5.83 grm
KM 14

Datas e quantidades:
1904A – 400.000
1906A – 50.000
1906J – 50.000
1907J – 140.000
1909A – 100.000
1910J – 300.000
1912J – 200.000
1913A – 100.000
1913J – 200.000
1914J – 100.000


1r11.jpg
rúpia
Prata 0,917
Peso teórico 11.66 grm
KM 15

Datas e quantidades:
1904A – 1.000.000
1905A – 300.000
1905J – 1.000.000
1906A – 950.000
1906J – 700.000
1907J – 880.000
1908J – 500.000
1909A – 200.000
1910J – 270.000
1911A – 300.000
1911J – 1.400.000
1912J – 300.000
1913A – 400.000
1913J – 1400.000
1914J – 100.000


A maioria das datas teve tiragens consideradas curtas, principalmente as peças da primeira série. Após a derrota da Alemanha, esse dinheiro serviu até 1920, sendo retirado de circulação e recolhido pelas autoridades inglesas, e seu destino foi muito provavelmente o derretimento, daí que esses exemplares, principalmente os de tiragens menores, alcançam valores interessantes, sendo a moeda mais rara, sem dúvida a peça de 2 rúpias, simplesmente não aparece, e quando surge um exemplar satisfatório, o preço costuma subir. Demorei p/ conseguir uma.

kaisergii.jpg
A EFÍGIE: Kaiser Guilherme II: Foi último Imperador alemão e Rei do Estado da Prússia, de 1888 até sua abdicação em 1918, ao fim da Primeira Guerra Mundial. Era filho da princesa Vitória da Inglaterra, Neto da Rainha Vitória, e, portanto, primo do rei inglês George V e Nicolau II. Mais: https://pt.wikipedia.org/wiki/Guilherme_II_da_Alemanha
Não tem Permissão para ver os ficheiros anexados nesta mensagem.


http://www.megaleiloes.com/leiloes.php? ... liveirarod ML - http://lista.mercadolivre.com.br/_CustId_14426169
"O colecionador é um homem mais feliz"
DIGA "NÃO" ÀS FALSIFICAÇÕES CHINESAS - Não colabore com mercado criminoso

Avatar do Utilizador
silvio2
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 6089
Registado: sexta jun 28, 2013 4:10 pm
Localização: Leiria (Distrito)

Re: Cunhagem da África Oriental Alemã

#2 Mensagem por silvio2 » segunda out 21, 2019 1:43 am

Fantástico Tópico, muito bem ilustrado com bonitas moedas, suas características e um magnífico texto contextualizando, historicamente, a época da sua emissão. :D :clap3:
Parabéns, caro Fabiano, pelos excelentes exemplares e obrigado, pela disponibilidade e partilha. :thumbupleft:
Cumprimentos,
Sílvio Silva

Pedro Leg
Reinado D.João V
Mensagens: 574
Registado: domingo set 29, 2019 3:07 pm

Re: Cunhagem da África Oriental Alemã

#3 Mensagem por Pedro Leg » segunda out 21, 2019 11:49 am

Muito bom.
Obrigado pela criação e partilha.
HUMANIDADE - SOLIDARIEDADE - UNIDADE

paulj
Reinado D.Filipe III
Mensagens: 766
Registado: quarta mai 15, 2013 2:30 am

Re: Cunhagem da África Oriental Alemã

#4 Mensagem por paulj » quarta out 23, 2019 1:37 am

Obrigado, estas cunhagens são bem interessantes.

Avatar do Utilizador
soga80
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 4362
Registado: sábado dez 20, 2014 6:31 pm
Localização: Leiria

Re: Cunhagem da África Oriental Alemã

#5 Mensagem por soga80 » quarta jan 15, 2020 9:56 pm

Sem palavras... obrigado...

Avatar do Utilizador
fernanrei
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 6471
Registado: terça mar 28, 2017 8:00 pm

Re: Cunhagem da África Oriental Alemã

#6 Mensagem por fernanrei » sexta jan 17, 2020 10:13 am

Excelente tópico. Além das moedas, que são muito interessantes, apresenta uma organização bastante expressiva e esclarecedora. :thumbupleft:
:D FMMRei :D

Responder

Voltar para “África”