5$00 Ch. 2 - 8 de agosto de 1922 - Dr. João das Regras

Informação e discussão de temas relacionados com a notafilia portuguesa

Moderadores: José Duarte, Moderador de Honra

Responder
Avatar do Utilizador
paulosousa
Reinado D.José
Mensagens: 517
Registado: terça fev 13, 2007 9:14 am
Localização: Gondomar

5$00 Ch. 2 - 8 de agosto de 1922 - Dr. João das Regras

Mensagem por paulosousa » quinta mai 15, 2014 1:42 pm

Aqui fica a minha última aquisição...
O que acham? :think:
Imagem
Imagem


Cumprimentos,
Paulo Sousa

Laurentino
Senhor Escudo da I República
Mensagens: 32
Registado: quarta dez 27, 2006 6:41 pm
Localização: Algarve - VRSA

Re: 5$00 Ch. 2 - 8 de agosto de 1922 - Dr. João das Regras

Mensagem por Laurentino » quinta mai 15, 2014 10:08 pm

Boa Nota, parabéns......
Viva....

RubenGMelo
Reinado D.Dinis
Mensagens: 1591
Registado: domingo ago 04, 2013 11:09 pm

Re: 5$00 Ch. 2 - 8 de agosto de 1922 - Dr. João das Regras

Mensagem por RubenGMelo » quinta mai 15, 2014 10:34 pm

É só pena possuir estas manchas na nota!

Mas qualquer nota é sempre uma boa aquisição, dependendo do rácio entre Estado de conservação e preço que pagamos por ela!
Cumprimentos,

Ruben Melo

Megaleilões: https://megaleiloes.pt/RubenGM/loja

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10637
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Re: 5$00 Ch. 2 - 8 de agosto de 1922 - Dr. João das Regras

Mensagem por tm1950 » sexta mai 16, 2014 8:04 am

O estado geral é aceitável, denota pouca circulação, o papel firme com alguma amarelecimento e pouca sujidade de circulação.
O aspecto mais negativo são as manchas, que passam para o outro lado da nota, sempre desagradáveis porque podem estar activas.
Creio que foram provocadas por fungos, excepto talvez a do canto superior esquerdo, e podem alastrar.
Sugiro procurar manter a nota afastada de ambientes húmidos e escuros, pois são favoráveis ao desenvolvimento dos fungos.
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

Responder

Voltar para “Notas Portuguesas”