As moedas de Pernambuco

Moedas cunhadas desde D.Pedro P.Regente até D.Manuel II

Moderadores: RuiAMF, Moderador de Honra

Avatar do Utilizador
doliveirarod
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 15669
Registado: terça nov 09, 2004 2:50 am
Localização: Brasil

As moedas de Pernambuco

Mensagem por doliveirarod » segunda nov 22, 2004 4:17 pm

Aproveito aqui p/ mostrar as moedas que foram cunhadas em Pernambuco (meu Estado...).

A cunhagem colonial do Brasil começou oficialmente na Bahia, 1695, onde foram cunhadas moedas de 640 réis e suas divisionárias de prata. O Brasil se desenvolvia, e era necessário criar moeda de prata por aqui mesmo, para sanar a grave falta de numerário no mercado. Daí se criou a casa da moeda da Bahia, a 1ª do Brasil.
Logo após, 1700, por motivos de segurança, para evitar ataques de piratas e corsários (e ainda pairava uma ameaça de nova invasão holandesa) a casa da moeda foi transferida para o Recife, capital de Pernambuco. A cunhagem foi curta, durou apenas 3 anos, de 1700 até 1702, após o que a casa da moeda se transferiu novamente p/ a Bahia. Mas essa curta cunhagem é muito interessante, ela leva no verso a letra "P" de Pernambuco, dentro da esfera armilar (faz até lembrar "P"orto..), foram as primeiras moedas que tiveram letra monetária no Brasil, as primeiras da Bahia não tinham...
A rua onde funcionava essa casa da moeda existe até hoje no bairro do Recife, e nome dessa rua é Rua da Moeda... Motivos óbvios...
A casa onde foram cunhadas não é mais localizável, uma parte da rua ainda mantém um traçado antigo, mas infelizmente outra parte foi desfigurada...

Aí vão 3 exemplares da minha coleção (aliás só tenho esses mesmos...) As de 640 são duas variantes diferentes. A pataca de 320 tem um recunho da data de 1701 sobre 1700...

Uma curiosidade é que bem antes foram cunhadas aqui em Recife as primeiras moedas do Brasil. Foi no período de dominação holandesa ainda (1630/1654), em que os holandeses cunharam as raras moedas quadradas para o pagamento do soldo das tropas, em florins de ouro e posteriormente stuivers de prata.


Imagem

Imagem



MCarvalho
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 8378
Registado: sexta nov 05, 2004 9:55 pm

Mensagem por MCarvalho » segunda nov 22, 2004 5:56 pm

Muito interessante. Antes das moedas serem cunhadas no Brasil, chegaram a ser autorizada a circulação das moedas cunhadas para Angola no Brasil, mas essas eram feitas em Lisboa.

Já agora, Fabiano, porque não contar a história das moedas de ouro de D. João V e as de cobre, com aquela inscrição tão curiosa para acalmar o povo do Brasil? É uma história numismática sempre divertida que ainda não foi contada no novo fórum :thumb:

Avatar do Utilizador
doliveirarod
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 15669
Registado: terça nov 09, 2004 2:50 am
Localização: Brasil

Mensagem por doliveirarod » terça nov 23, 2004 3:48 pm

Viva!
Qto às moedas de cobre de Minas eu vou ressussitar o tópico então, p/ q ele não se perca...
Já as de ouro de João V não escrevi por um motivo simples: Não tenho nenhuma nem p/ fazer um scanner... disgust
Agruras da vida de quem não tem $ disgust

AClemente
Reinado D.José
Mensagens: 543
Registado: sexta nov 05, 2004 9:47 pm
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagem por AClemente » terça nov 23, 2004 4:22 pm

Não tem nada a ver c/ o tópico mas, não queria dexar passar. Maravilha de moedas do Fabiano :bow: . A prata antiga é PRETA de côr e é assim que são bonitas. Pena que raramente se vêm assim 'virgens' e não esfregadas/marpalizadas.

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10638
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Mensagem por tm1950 » terça nov 23, 2004 4:23 pm

Caro Fabiano

É melhor a história sem moeda do que coisa nenhuma.
A moeda há-de aparecer, tenha fé.
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

Avatar do Utilizador
tm1950
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 10638
Registado: sexta nov 05, 2004 10:15 pm
Localização: S. João do Estoril - Lisboa

Mensagem por tm1950 » terça nov 23, 2004 4:42 pm

Caro Clemente

A prata oxida em contacto com o ar. A película superficial de óxido de prata é que vai dar a imagem de escurecendo das peças.
É possível observar este aspecto nos mais diversos objectos de prata que possamos ter em casa, desde salvas, paliteiros, até caixas de relógios.
Para que as pratas ficassem novamente brilhantes usava-se antigamente solarina (um líquido branco, pastoso) e agora existem Duralit e outros.
Nas moedas há quem use o Marpal.
Estou convencido que as moedas, se expostas ao ar, acabarão por escurecer. Nos alvéolos autocolantes deve demorar mais tempo.
Celso.
Saúde e Fraternidade.
Os meus leilões

Avatar do Utilizador
doliveirarod
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 15669
Registado: terça nov 09, 2004 2:50 am
Localização: Brasil

Mensagem por doliveirarod » terça nov 23, 2004 7:56 pm

Esse tipo de pátina é o q sempre procuro, é uniforme e deixa um ótimo aspecto natural... Fora c/ marpal e esses lixos de limpar moeda, como já disse em outro tópico...
:cool:

DanielPinheiro
Reinado D.Filipe I
Mensagens: 885
Registado: quinta nov 11, 2004 7:40 pm
Localização: Vila do Conde/Elvas & Badajoz

Mensagem por DanielPinheiro » terça nov 30, 2004 1:14 pm

Não tem nada a ver c/ o tópico mas, não queria dexar passar. Maravilha de moedas do Fabiano . A prata antiga é PRETA de côr e é assim que são bonitas. Pena que raramente se vêm assim 'virgens' e não esfregadas/marpalizadas.
Muito raro mesmo encontar alguem que tem esta ideia sobre a apresentação das moedas ao "natural" .

Ultimamente tenho-me debatido sobre isso mesmo . Em Portugal ainda temos muito (mas mesmo muito) a aprender e numismaticamente falando somos ainda bastante ignorantes sobre como e qual a maneira de "limpeza" e preservação das moedas na nossa colecção . Infelizmente ainda perdura a ideia que se a moeda esta escura tem que se meter no Marpal ou pq fica "feia" na colecção (particular) ou pq se vende mal (negociante) . Por vezes se a moeda esta oxidada ou apresenta um pontinho de alguma coisa que n gostamos "marpaliza-sse" a dita moeda para acabar por estragar a moeda toda .

A nossa mentalidade ainda é esta e não ha duvida que os vendedores só vão de encontro com o que os clientes pedem . Isto é quem compra quer moedas bem "limpinhas" a qq custo . Caso contrário eles mesmo limpam essas moedas .

Estamos ainda no principio do sec. XX no que toca a limpeza e preservação de moedas (isto é atrasados como tudo o resto) . Infelizmente para meu desagrado os Estados Unidos mais uma vez tem a tecnologia "de ponta" no que toca ao verdadeira saber numismatico . Não é por acaso que a PCGS nem sequer se digna vender moedas que foram limpas (ou onde essa limpeza é obvia) .

Olhamos para certas moedas americanas absolutamente com patines "horriveis" verdes e até vermelhas !!!!!!! As pessoas esquecem que as patines originais são as que trazem a "história" com ela e removendo essa mesma patine perdem todo o significado...........muito mais haveria para dizer ..........aliás sei que o que estou a escrever aqui não vai de encontro com a maioria dos colecionadores nacionais........apenas uma questão de tempo.........

Avatar do Utilizador
Luis Nobrega
Reinado D.Afonso Henriques
Mensagens: 5018
Registado: sábado nov 06, 2004 12:55 am
Localização: Funchal
Contacto:

Mensagem por Luis Nobrega » terça nov 30, 2004 1:20 pm

Vai de encontro à minha opinião... eu NÃO gosto de moedas limpas... :)

Mas é sempre preciso aceitar as opiniões dos outros! :nixweiss:

AClemente
Reinado D.José
Mensagens: 543
Registado: sexta nov 05, 2004 9:47 pm
Localização: Lisboa
Contacto:

Mensagem por AClemente » terça nov 30, 2004 1:39 pm

... Estamos ainda no principio do sec. XX ...
o pior é que qd chegarmos ao XXI a actual geração do sec. passado já lixou todo o acervo disponível :( .

Responder

Voltar para “Monarquia Portuguesa - Cunhagem Mecânica”